Festival de Dança começa com espetáculo de Deborah Colker

Maior e mais famoso evento da cidade, o Festival de Dança de Joinville chega à 35a edição em 2017. Dançarinos, estudantes e professores de 17 estados, do Distrito Federal, da Argentina e do Paraguai vão participar do evento entre os dias 18 e 29 de julho.

Na noite de abertura, a estreia do novo espetáculo da Cia. Deborah Colker. “Cão sem Plumas” é inspirado em poema de João Cabral de Melo Neto, publicado em 1950. Em cena, os bailarinos se cobrem de lama, alusão às paisagens que o poema descreve, e seus passos evocam os caranguejos do mangue.

Neste ano, a Mostra Competitiva tem 239 coreografias, de 141 grupos, de 12 estados brasileiros, do Distrito Federal e do Paraguai. As apresentações são divididas nas categorias Júnior (13 a 15 anos) e Sênior (acima de 15 anos) e os classificados em primeiro lugar retornam ao palco para uma apresentação especial na Noite dos Campeões, que acontece no dia 29 de julho.

Além das atrações do festival no Centreventos Cau Hansen, a cidade é tomada por apresentações gratuitas. Serão mais de 200 horas de apresentações e outras 40 horas de cursos, mostras, oficinas, seminários, workshops, entre outras atividades voltadas aos profissionais.

O Festival é promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Prefeitura de Joinville, com realização do Instituto Festival de Dança de Joinville e Ministério da Cultura. Também há apoio financeiro do Governo do Estado, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Cafi/Festival de Dança