Agemed reclama, na CVJ, de demora no licenciamento ambiental para construção de hospital

O presidente da empresa Agemed Saúde, Pedro Assis, esteve na Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ) na última segunda-feira (22) para reclamar da demora na liberação de licenças ambientais em Joinville. A empresa, que vende planos de saúde, quer construir um hospital na cidade, mas depende das licenças da Secretaria de Meio Ambiente.

A discussão foi levada ao parlamento pelo vereador Odir Nunes (PSDB). O vereador Maurício Peixer (PR), presidente da Comissão de Saúde, disse que vai propor às comissões que averiguem a situação. “Nós vamos assumir essa discussão aqui na Câmara de Vereadores”, garantiu o parlamentar.

Segundo os executivos da empresa, o Hospital Monte Hermon vai gerar 700 empregos diretos e 1,3 mil indiretos. Serão 60 vagas, em 6 UTIs, e outras 150 vagas na internação, além de oito salas de cirurgia, sendo uma robótica. O investimento na obra será de R$ 120 milhões.

O executivo ainda frisou que nunca pediu benefícios às autoridades locais, mesmo tendo uma boa relação com o prefeito Udo Döhler.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Facebook do vereador Odir Nunes
Informações: CVJ