Com gols de zagueiros, JEC vence o líder e assume a ponta do Grupo B da Série C

Em jogo válido pela segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Joinville Esporte Clube (JEC) venceu o Volta Redonda, único do Grupo B a ter vencido na primeira rodada, e assumiu a liderança do grupo. O placar de 2 a 0 foi definido pelos zagueiros Max, aos 29 minutos do primeiro tempo, e por Henrique Mattos, aos 36 da segunda etapa.

A liderança do grupo está sendo compartilhada entre equipes que empataram na primeira rodada e venceram nesta. Botafogo (SP), Ypiranga, São Bento e Joinville também venceram. O Macaé, que havia perdido para o Volta Redonda na primeira rodada, também venceu na rodada. Bragantino, Tombense, Mogi Mirim e Volta Redonda perderam neste fim de semana.

O Voltaço foi uma pedreira para a equipe joinvilense, sendo superior no início da partida e pressionando pelo empate no decorrer. O JEC construiu a vitória a partir da bola aérea na área dos cariocas. O time conseguiu balançar as redes pela primeira vez aos 29 minutos da primeira etapa.

A jogada surgiu a partir de um erro do goleiro do Volta Redonda, que tentou sair jogando e quase entregou a bola para o atacante Eliomar. A bola foi colocada para escanteio, cobrado por Alex Ruan, com perfeição, na cabeça do zagueiro Max. O zagueirão, como um verdadeiro centroavante, testou com força no canto esquerdo do goleiro do Voltaço, que nada pode fazer.

O segundo gol saiu aos 36 minutos do segundo período, em nova jogada de escanteio. O cruzamento de Lúcio Flávio encontrou a cabeça do zagueiro Henrique Mattos, que havia substituído justamente o zagueiro Max, autor do primeiro gol, que havia se lesionado.

Lúcio Flávio, um dos destaques da partida, afirmou que o resultado dá tranquilidade para trabalhar durante a semana. Ele ainda comentou que o período entre o Catarinense e o início do Campeonato Brasileiro foi importante para a preparação da equipe.

Fabinho Santos, treinador do JEC, ressaltou a qualidade dos cariocas. “Creio que nós vencemos hoje uma equipe muito forte e isso valoriza nossa vitória”, observou. O comandante joinvilense valorizou o trabalho dos meias, que abriram espaço para os laterais construir jogadas.

O técnico Felipe Surian, do Volta Redonda, destacou a tradição do Joinville e desejou uma boa competição à equipe, mas lamentou a falta de sorte no jogo deste domingo.

O público foi baixo na Arena Joinville, na chuvosa tarde de domingo. Apenas 2.541, entre sócios e pagantes, estiveram no estádio, o que rendeu R$ 51.845,00. Agora o Joinville pega, na sexta-feira (26), às 19 horas, na Arena Joinville, o Tupi.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Beto Lima/JEC