Vereadores cobram melhorias das empresas de transporte coletivo

Com permissão – mas sem licitação – para explorar o transporte público de Joinville, as empresas Transtusa e Gidion também são responsáveis pela manutenção dos terminais e pela qualidade do serviço prestado à população. Nesta terça-feira (16), os vereadores de Joinville cobraram representantes das empresas acerca de problemas encontrados por eles em visitas aos terminais.

A cobrança ocorreu na reunião da Comissão de Urbanismo, sob presidência de Jaime Evaristo (PSC). O parlamentar leu partes do relatório produzido, listando vários problemas estruturais. Banheiros em péssimas condições, bebedouros estragados e falta de lugar para sentar são apenas alguns dos problemas encontrados.

Um cidadão presente ao encontro afirmou que falta fiscalização da Prefeitura, de modo que as empresas deixam de cumprir os horários de forma rígida.

Os representantes do Executivo não compareceram à reunião. O secretário de Infraestrutura, Romulado França, da Seinfra, afirmou que um coordenador técnico o substituiria, mas isso não aconteceu.

De acordo com o advogado das empresas de transporte público, a responsabilidade maior sobre a estrutura é da Prefeitura.
Jaime Evaristo ainda destacou que a passagem em Joinville é uma das mais caras do país e que o serviço não está à altura do preço cobrado.

A próxima reunião sobre o tema está marcada para o dia 30 de maio, às 15 horas, na Câmara de Vereadores.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Sabrina Seibel/CVJ
Informações: CVJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *