FCF suspende competições e JEC para as atividades por conta do Coronavírus

Com o Coronavírus se espalhando gradualmente pelo Brasil, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) decidiu suspender nesta segunda (16) as competições por ela organizadas, sem data prevista para retorno. A decisão tem como premissa a recomendação de órgãos de saúde nacional e estadual, além da decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em suspender as competições nacionais em andamento.

Afetado, o JEC também optou por parar as atividades por tempo indeterminado, tanto no profissional como nas categorias de base. Uma parte considerável dos funcionários do clube estão na faixa etária de risco da doença, o que fortaleceu a decisão da diretoria executiva do clube, que esteve reunida nesta segunda-feira (16).

Neste cenário, os jogos das quartas-de-final e o mata-mata do rebaixamento do Campeonato Catarinense não serão realizados. Os confrontos da ida estavam previstos para o final de semana, nos dias 21 e 22 de março, adiando portanto a partida entre JEC e Brusque, na Arena Joinville.

Confira as notas da FCF e do JEC, respectivamente, na íntegra:

———

“A Diretoria da Federação Catarinense de Futebol, considerando a recomendação do Ministério de Estado da saúde, bem como da Secretaria de Estado da Saúde do Governo de Santa Catarina e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), resolve suspender todas as competições de futebol profissional e não-profissional promovidas pela instituição.
As competições intermunicipais promovidas pelas Ligas de Futebol Não-Profissional, homologadas pela Federação, também estão suspensas por tempo indeterminado.”

———

“Motivado pela pandemia do novo coronavírus, o Joinville Esporte Clube decidiu suspender, por tempo indeterminado, as atividades do time profissional e das categorias de base. Em um momento de crise como esse, o clube coloca a saúde de seus funcionários e familiares em primeiro lugar. O retorno às atividades do time profissional e das categorias de base ocorrerá apenas quando a situação estiver normalizada.”


Texto: Beto Bett
Foto: Yan Pedro/JEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *