Joinville renova convênio de cidade irmã com município suíço

Nesta terça-feira (11), o prefeito Udo Döhler assinou a renovação do programa de cidade irmã entre Joinville e Schaffahausen, formalizando a parceria para o período de 2020 a 2023. O documento também foi assinado pelo governador do Cantão de Schaffhausen, Martin Kessler, em solenidade na prefeitura.

“Há pouco mais de 150 anos, a pobreza fez com que os suíços tivessem que migrar. Deixaram Schaffhausen, o norte da Suíça, para fundar o que hoje é Joinville, no Sul do Brasil. Queremos manter ativo esse intercâmbio com a assinatura desse contrato. E que nas próximas gerações haja continuidade no que está sendo feito por Joinville e Schaffhausen”, afirmou o governador do Cantão, Martin Kessler.

Os movimentos migratórios que marcaram a Suíça nos séculos XVIII e XIX, e como se refletem até hoje na sociedade, também foram comentados pelo cônsul-geral, Urs Brönnimann. Ele destacou que, atualmente, cerca de 760 mil suíços vivem fora do país. Além de expressar a sua satisfação por participar do ato bilateral entre Joinville e Schaffhausen, o cônsul-geral reforçou sua colaboração para que as ações entre as duas cidades efetivamente aconteçam.

O prefeito Udo Döhler lembrou a importância do relacionamento histórico com alemães e suíços que, com trabalho e persistência, ajudaram a criar e transformar Joinville na maior cidade de Santa Catarina.

“Hoje, Joinville vive um momento privilegiado e antevemos que nos próximos 25 anos a cidade dobrará o tamanho da sua população e triplicará sua economia. Essa parceria que acabamos de firmar por mais quatro anos seguramente trará contribuição muito importante para que, adiante, possamos entregar aos nossos sucessores uma cidade ainda mais justa, mais forte, mais feliz e sustentável”, concluiu o prefeito.


Edição: Alexandre Perger
Foto: Prefeitura/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *