Conselheiros tutelares de Joinville participam de capacitação

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), realiza a capacitação dos 15 novos conselheiros tutelares, que foram empossados na última semana, no dia 10 de janeiro, para a gestão 2020/2024. Os encontros de formação continuada ocorrem no auditório da Casa dos Conselhos e devem se estender durante todo o mandato dos conselheiros.

Desde a última segunda-feira (13), os conselheiros passam pela formação, das 8 às 16 horas, que teve este formato até esta quarta-feira (15), sendo retomada na próxima semana (22), das 8 às 12 horas, quando passará a ser realizada semanalmente, às quartas-feiras, até o mês de março. O objetivo é apresentar aos conselheiros a rede de atendimento oferecida pelo município e aproximá-los da realidade assistencial, de maneira que a rede funcione e zele pelas crianças e adolescentes com qualidade.

“Nas próximas semanas, os conselheiros passarão por capacitações, com os diferentes setores que compõem a rede de atendimento às crianças e aos adolescentes no município. A partir do mês de março, a ideia é diminuir a frequência das capacitações, por causa das demandas da função”, explicou Mônica Cristina Romminger, Coordenadora da Gestão do Trabalho da Gerência da Unidade de Planejamento e Gestão da SAS.

Durante a formação, os conselheiros aprendem como funciona a rede, as Políticas Públicas, o Sistema de Garantias, a Rede Socioassistencial, além de questões práticas, como os sistemas eletrônicos utilizados, e também a função como agentes públicos. “Os encontros permitem troca de conhecimento, por meio de roda de conversas, e, com bastante participação, vamos levantando os temas e trabalhando com eles”, completou Mônica.

Os temas trabalhados foram levantados pelos conselheiros da antiga gestão e apresentados pelos reeleitos, que compartilham as experiências vividas. Para as próximas semanas, estão agendados encontros com profissionais das Secretarias da Educação e da Saúde, além de profissionais da Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso. Os encontros são abertos aos suplentes.

“Isso é fundamental para nós que estamos iniciando esta nova atividade. Precisamos ter um conhecimento e entendimento de toda a rede, que trabalha em conjunto, e saber dos serviços que estão disponíveis, para os quais nós conselheiros vamos encaminhar os munícipes”, disse Wilians Odia, conselheiro tutelar eleito para o Conselho 3, responsável pelo atendimento da região Centro, Leste, Nordeste e Pirabeiraba.

Além da capacitação oferecida pela SAS, os conselheiros também recebem outras duas formações. Uma pela Escola da Rede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e outra oferecida pelo governo de Santa Catarina, com conteúdo eletrônico já disponibilizado e aulas presenciais a partir do mês de março. Durante os dias de formação, os conselheiros experientes fazem o atendimento das demandas com maior urgência, permitindo aos novos conselheiros participarem efetivamente da capacitação.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Rogerio da Silva/Prefeitura
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *