Chuva intensa provoca alagamentos em regiões de Joinville

Uma chuva torrencial durante a madrugada, que ainda não cessou, provocou alagamentos em todas as regiões de Joinville neste sábado (4). Praticamente todos os bairros das regiões Centro, Norte e Sul, principalmente, estão com vias alagadas. Veja como estava o rio Cachoeira por volta das 10h30:

Rio Cachoeira transbordou e tomou a avenida e a Praça Dário Salles – Foto cedida por Eberson Theodoro

De acordo com a Defesa Civil de Joinville, por nota emitida pela Prefeitura, choveu 65 milímetros (em um metro quadrado), o que representa cerca de 20 dias de precipitação para o período. O fator, aliado a maré que ocorreu durante a parte da manhã, gerou os pontos de alagamentos.

Na região central, as ruas 9 de Março, XV de Novembro, Rua do Príncipe, Beira-rio e João Colin têm trechos com grande volume de água nas vias. Devido aos alagamentos, o acesso ao terminal urbano está interditado. Segundo a Prefeitura, os ônibus estão usando rotas alternativas e mais seguras para atender os passageiros.

Na região Sul, os rios Itaum e Itaum-Mirim apresentam pontos de transbordamentos com alagamentos em vários trechos das vias próximas às margens. A rua Guanabara, uma das principais vias da região está com pontos interditados devido ao acúmulo de água. A rua Passo Fundo, uma das mais afetadas na enchente de 15 de março de 2018, voltou a alagar. Veja na foto:

Rua Passo Fundo – Foto cedida por Alex Sander Cardoso

Outra região bastante afetada é a do Anita Garibaldi. Diversas ruas entre a avenida Marquês de Olinda e a Getúlio Vargas estão alagadas parcial ou totalmente:

Rua Plácido Gomes, área próxima ao Hospital São José – Foto de Fernando Costa
Rua Henrique Dias – Foto cedida por Samantha Borges
Rua Bahia – Foto cedida por Luiz Alberto Souza

Orientação da Defesa Civil

A orientação para as pessoas que estão em áreas não alagadas, que evitem se deslocar nas ruas para evitar transtornos maiores. Moradores que estão em casas que apresentam pontos com riscos de deslizamentos que deixem as moradias e acionem a Defesa Civil pelo telefone 199.

Envie informações

O Mirante segue na cobertura dos alagamentos de 4 de janeiro. Se você tiver informações, fotos e vídeos, mande para nós pelas redes sociais. Obrigado.


Texto: Felipe Silveira
Foto no topo: Cedida por Eberson Theodoro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *