Joinvilenses disputam a etapa final do Catarinense de Rally Regularidade

Depois de passar por São Bento do Sul, Joinville, Brusque e Nova Veneza, o Campeonato Catarinense de Rally Regularidade vai para a cidade de São José, na Grande Florianópolis, que sediará a etapa final da temporada 2019, marcada para o dia 2 de novembro.

A quinta e última etapa do Catarinense deverá atrair cerca de 60 duplas, que se dividirão nas categorias Máster, Graduado, Turismo, Turismo Light, Pais e Filhos, Universitário 4×2, UTV e Quadriciclos. Entre os inscritos estão pilotos e navegadores de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

A dupla joinvilense formada por Hélio Hamilton Ziehmann e Edson Bailoni ocupa o quarto lugar na classificação geral da categoria Turismo Light, e está de olho em finalizar a temporada na terceira posição. “As expectativas para essa última etapa são ótimas. Estamos animados e focados em subir posições no ranking. Foi uma ótima temporada”, comentou Ziehmann. Ainda de Joinville, pela categoria Pais e Filhos, estarão Dalvir Alvise e Gustavo Henrique Alvise, que ocupam o quarto lugar no campeonato, com 65 pontos.

A etapa de São José terá aproximadamente 180 quilômetros e passará por estradas e por uma fazenda de reflorestamento de pinus. De acordo com o diretor de prova, Alexandre Rech, trata-se de uma região muito bonita e com várias trilhas, o que renderá uma disputa bem dinâmica e diversificada. “Teremos também dois circuitos de terra, onde poderemos testar pilotos e navegadores com alguns laços e pegadinhas, e médias justas de velocidade. Será emoção a flor da pele, em uma decisão de campeonato”, enfatizou Rech. O trajeto mesclará piso batido, piçarra, pedras e grama.

A concentração do evento começa no dia 1 de novembro (sexta-feira), com a abertura da secretaria de prova, na concessionária Troller Trilha SC. As inscrições seguem abertas no site.

Ainda, para quem quer se divertir, mas sem se aventurar em uma competição, tem a categoria Passeio 4×4. O veículo não precisa ter preparação, ou seja, pode ser original, pois o roteiro não passará por trilhas com grandes obstáculos.


Edição: Fernando Costa
Foto: Aline Ben/Comunicação 4×4
Informações: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *