Centrinho Prefeito Luiz Gomes recebe uma nova cabine audiométrica

O Centrinho Prefeito Luiz Gomes/Núcleo de Pesquisa e Reabilitação de Lesões Labiopalatais e Reabilitação aos Portadores de Deficiência Auditiva recebeu uma nova cabine audiométrica na manhã de segunda-feira (19). O novo equipamento, que realiza diversos exames auditivos, dentre os quais a audiometria é o mais comum, foi entregue ao Centrinho por meio de uma parceria entre a Associação de Promoção Social do Fissurado Labiopalatal de Joinville (Profis) e a fraternidade internacional Amal-Shriners.

Com investimentos na faixa de R$ 8 mil, a nova cabine audiométrica vai auxiliar nos 15 exames diários e mais de 300 exames realizados mensalmente. O Centrinho possuía quatro cabines, porém, uma delas, mais antiga, precisava ser substituída, pois sofreu desgaste do tempo.

A nova cabine possui uma estrutura diferenciada e atende todos os padrões que a vigilância sanitária determina. O exame de audiometria é realizado nos pacientes em tratamento no Centrinho, tanto deficientes auditivos, como com fissuras labiopalatais, pois as duas condições têm uma ligação e são encontradas no mesmo paciente em grande parte dos casos.

O secretário da saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva, destacou a importância de parcerias como esta para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). “Para a rede pública, esta parceria privada de instituições que venham voluntariamente trazer algum benefício tecnológico é fundamental, pois trazem qualificação, por meio de equipamentos específicos, como precisamos aqui no Centrinho, onde temos algumas complexidades únicas no estado”, comentou.

A coordenadora do Centrinho, Luiza Gama, falou sobre a importância da atuação da Profis no auxílio direto aos pacientes e familiares. “Muitas vezes recebemos pacientes com síndromes que têm uma alimentação específica, de um leite especial, e a Profis compra esse leite para esse paciente. Se o paciente não mantiver um peso correto e não estiver em condições clínicas suficientes para ir para uma cirurgia, não vai conseguir se reabilitar”, completou.

A unidade também recebeu recentemente um aparelho nasofibroscópio, adquirido por meio da Profis, com o custo de R$ 30 mil, que é usado para o diagnóstico de fissuras ocultas.

A presidente da Profis, Jacirema Campos Bentes, destacou o papel da associação na reabilitação e no auxílio aos pacientes, por meio de uma assistência enquanto recebem o tratamento na unidade, para que as famílias tenham condições de chegar a Joinville e permanecerem o tempo necessário para o atendimento.

“A família que começa a tratar um bebê hoje, permanece em tratamento até os seus 18 a 20 anos, e nessa fase acontece de tudo, desemprego dos pais, morte, doença, e às vezes eles desistem do tratamento pela distância. Quando eles desistem se trava toda uma reabilitação”, revelou Jacirema.

Centrinho

O Núcleo de Pesquisa e Reabilitação de Lesões Labiopalatinas e Reabilitação aos Portadores de Deficiência Auditiva atende, atualmente, no serviço de fissura, mais de 3.118 pacientes. Para este serviço, são realizados em média 1.000 atendimentos mensais, 25 casos novos por mês, todos cirúrgicos.

O Centrinho é referência no Serviço de Diagnóstico e Reabilitação aos Portadores de Deficiência Auditiva/SASA para os oito municípios da região (Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Garuva, Itapoá, Joinville, São Francisco do Sul e São João do Itaperiú). São mais de 10 mil pessoas em atendimento pelo serviço, com 45 casos novos por mês. É realizada, em média, a entrega de 450 aparelhos auditivos por ano.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Phelippe José/Prefeitura
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *