Hospital Geral Joinville realiza primeira cirurgia cardíaca

Aos 73 anos, Romão Galdino Alves dos Santos teve que abandonar a pesca por complicações cardíacas. O aposentado, então, decidiu realizar um procedimento cirúrgico no coração com o objetivo de restabelecer sua saúde e poder voltar a pescar. Ele foi o primeiro paciente a passar por uma cirurgia cardíaca no Hospital Geral Joinville, inaugurado em abril pelo Hapvida.

“O atendimento foi um remédio de tanto que ajudou a superar, foi incrível. Fomos bem atendidos, com carinho e amor”, disse Maria Conceição dos Santos, esposa de Romão.

Na cirurgia, Romão Galdino trocou uma válvula natural por uma válvula artificial, além da colocação de quatro pontes de safena nas artérias coronárias, que estavam obstruídas. “Foi uma cirurgia complexa, de alto risco e de grande porte realizada com muito sucesso”, disse Gregório Márcio, diretor médico de Integração e Novos Negócios.

Aos cuidados dos médicos Carlos Henrique, Fabio Navarro e Raphael Quintana, o paciente foi submetido à circulação extracorpórea. “O batimento do coração é interrompido e ocorre a troca da válvula e as vascularizações. A circulação extracorpórea garante a vida do paciente. O sangue circula fora do corpo durante o procedimento, preservando todas as funções vitais, como a oxigenação do cérebro. Ele acorda após a sedação sem sequelas”, explicou o diretor.

Romão ficou no Hospital Geral Joinville durante nove dias e recebeu alta no último final de semana, no dia 10 de agosto.


Edição: Kaue Vezentainer
Foto e informações: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *