Trotes para o Samu têm redução de 43% na Central de Joinville

O número de trotes para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) caiu 43% na Central de Joinville entre o primeiro semestre de 2018 e o mesmo período deste ano. As ocorrências desse tipo caíram de 5.7 mil para 3.2 mil, segundo dados do governo estadual.

Em toda Santa Catarina, foram 12,3 mil trotes a menos, uma redução de 42%, indo de 29 mil para 17 mil. Para a Secretaria de Saúde e a direção do Samu, a queda está relacionada com projetos educativos, em especial Educa Samu, realizado desde 2012 pelos profissionais da saúde nas escolas catarinenses.

Em um dos casos, no norte de Santa Catarina, uma viatura chegou a ser apedrejada ao se deslocar para atender a um chamado falso de ocorrência. “Esse tipo de ação faz com que outros casos, outras pessoas, não tenham o atendimento no tempo certo. Se uma viatura se desloca para atender a um trote e, ao mesmo tempo, ocorre uma chamada para uma situação real, pode ser a diferença entre a vida e a morte”, alerta o coronel Kemper, diretor do Samu.


Texto:Alexandre Perger
Foto: Andrey Lehnemann/SAMU

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *