Prefeitura e 62º BI oferecem aulas no contraturno escolar

Cerca de 50 estudantes do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental de escolas municipais de Joinville começaram, nesta semana, uma nova atividade de contraturno. O projeto Segundo Tempo – Forças no Esporte é resultado de uma parceria entre o 62º Batalhão de Infantaria (BI) e a Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Educação.

O primeiro dia de Miguel Luiz de Melo, de 10 anos, da Escola Municipal Prefeito Geraldo Wetzel, foi de muita expectativa. “Em casa eu fazia as minhas tarefas e não tinha mais nada. Aqui tem várias atividades que a gente pode se exercitar”, conta o estudante. Ele vai frequentar o 62º BI nas segundas e quartas-feiras, sempre no turno da tarde, outra turma com meninos e meninas participa às terças e quintas-feiras.

Com o projeto, Miguel e os demais alunos poderão aprender diversas práticas atividades esportivas, como atletismo, voleibol, futebol, basquetebol, orientação de terreno com uso de bússola e mapas. O tempo de aulas vai se dividir para que eles possam fazer as tarefas escolares e reforço de conteúdo.

Os alunos terão ainda noção de higiene, primeiros socorros, orientação artística, orientação profissional e sustentabilidade, além de informações de prevenção e combate às drogas e à violência doméstica.

Neste projeto, a Secretaria de Educação é responsável pela seleção de alunos e dispõe de um profissional de pedagogia e outro de Educação Física. O 62º Batalhão de Infantaria fornece o espaço físico, monitores, uniforme e alimentação.

Inicialmente, o projeto terá capacidade de atender 80 alunos de escolas municipais. Após a primeira seleção e o início das atividades, a Secretaria de Educação vai abrir nas próximas semanas novo edital de seleção para cerca de 30 vagas. A inscrição deve ser feita na própria escola que o estudante frequenta.

O Segundo Tempo – Forças no Esporte é um programa do Ministério da Defesa, com o apoio da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e em parceria com o Ministério da Cidadania, Ministério da Educação e Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Rogerio da Silva/Prefeitura
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *