Leia Mulheres discute obra de Rachel Kushner em agosto

O clube de leitura Leia Mulheres, de Joinville, discute no mês de agosto a obra “Os Lança-Chamas”, da escritora americana Rachel Kushner, publicado em 2013. O livro foi um dos finalistas do National Book Award de 2013 e escolhido como um dos cinco melhores romances do ano pelo New York Times.

“Os Lança-Chamas” se passa em 1975, com uma jovem recém-formada apelidada de Reno como personagem principal. A jovem acaba de se mudar para Nova Iorque para transformar em arte o seu fascínio por motocicletas e velocidade. Sua chegada à cidade coincide com um período de ebulição dos movimentos culturais locais. Ao se relacionar com um artista com descendência italiana e ir visitar a família dele em sua terra natal, Reno se vê envolvida com membros dos movimentos radicais que tomaram conta daquele país nos anos 1970, e uma traição a jogará nos submundos da clandestinidade.

A reunião do grupo para discutir o livro acontece no dia 24 deste mês, às 15 horas, na Sala Vermelha do galpão da Associação de Artistas Plásticos de Joinville (AAPLAJ), localizado dentro do Galpão 13 da Cidadela Cultural Antarctica (Rua XV de Novembro, 1383, América). A mediação será feita pela jornalista Marcela Güther e a entrada é gratuita.

Sobre a autora

Rachel Kushner nasceu em 1968 em Eugene, Oregon, nos Estados Unidos. Seu primeiro romance foi “Telex from Cuba” (2008), também finalista do National Book Award. Recentemente lançou no Brasil a obra “Mars Club”, em que aborda a rotina e as dificuldades enfrentadas dentro de um sistema penitenciário para mulheres.

Sobre o Leia Mulheres

O Leia Mulheres é um movimento nacional que existe desde 2015 e objetiva incentivar uma luta, cada vez mais compartilhada, para empoderar mulheres escritoras que sobrevivem a um mercado editorial com preponderância de vozes masculinas. No Brasil, o movimento, criado em São Paulo há quatro anos, já abrange mais de 100 cidades, sendo seis catarinenses: além de Joinville, há clubes de leitura de autoras em Florianópolis, Blumenau, Lages, Balneário Camboriú e São José. Você pode acompanhar o trabalho do Leia Mulheres em Joinville participando do grupo no Facebook ou acompanhando a página no Instagram.


Texto: Fernando Costa
Foto: Divulgação
Informações: Leia Mulheres Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *