Movimento Passe Livre realiza reunião para novos membros no sábado

Neste sábado (20), os membros do Movimento Passe Livre Joinville (MPL) de Joinville tem uma reunião para integrar novos militantes. O evento vai ocorrer no Centro dos Direitos Humanos Maria da Graça Bráz, às 16 horas. Será feita uma apresentação do histórico e do objetivo do movimento, que espera contar com novos participantes.

A Revolta do Buzu (Salvador), a Revolta das Catracas (Florianópolis), Junho de 2013 e acontecimentos da atual conjuntura serão debatidos entre os participantes. Novas formas de financiamento para a tarifa zero também estão na pauta. Atualmente, a tarifa custa R$ 4,80 (embarcada) e R$4,65 (bilheterias).

Outra proposta do MPL é a criação de um conselho de usuários do transporte coletivo, administrado por trabalhadores e usuários. O objetivo é criar uma mobilização por meio de reuniões e formações antes de um novo aumento na tarifa, que geralmente ocorre na virada do ano.

Para o MPL Joinville, “é preciso lutar por uma empresa pública de transporte, administrada por trabalhadores e usuários, sem gerar lucro para famílias milionárias que administram as empresas Transtusa e a Gidion”.

As empresas alegam que o número de usuários do transporte coletivo está diminuindo, mas não disponibilizam as planilhas de custos para a população. De acordo com dados apresentados pela Consultoria Técnica da Comissão de Urbanismo da CVJ, em reunião realizada na terça-feira (16), 130 mil pessoas usavam o transporte público diariamente em 2011, número que caiu para 102 mil usuários por dia em 2018.

O MPL foi fundado em 2005 com a finalidade de um transporte público, gratuito e de qualidade. Tem em Joinville um de seus núcleos mais atuantes, com reuniões quinzenais, formações periódicas e apoio em manifestações locais. A última formação pública do movimento foi sobre o livro “Quem Manda na Cidade?”, do sociólogo Charles Henrique Voss, também realizada no CDH.


Edição: Felipe Silveira
Foto: Alex Sander Cardoso/Divulgação/MPL
Informações: Movimento Passe Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *