Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional está com inscrições abertas

O Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsean) está com as inscrições abertas para a 2ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Joinville (CMSAN), com o tema “Vozes, direitos e fome”.

O evento ocorre nos dias 2 e 3 de agosto, no auditório do Colégio Ielusc (Unidade Saguaçu), localizado na rua Mafra. As inscrições podem ser realizadas através do formulário eletrônico, até as 23h59 do dia 31 de julho. Após o encerramento deste período, serão possíveis as inscrições no local do evento.

A 2ª CMSAN é uma etapa da 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado de Santa Catarina (Cesan), que tem como objetivos debates e proposições sobre Política Pública de Segurança Alimentar e Nutricional. A conferência vai trabalhar os assuntos relacionados ao tema, que segue as diretrizes do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, assim como o lema “Luta para garantia da soberania e segurança alimentar e nutricional”.

Na sexta-feira (2), as inscrições podem ser feitas entre as 19 e as 19h30. Após o credenciamento e recepção, Neila Maria Viçosa Machado, membro da Teia de Articulação pelo Fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional (TearSAN), fará a palestra de abertura sobre o tema e o lema da conferência, com horário de término previsto para as 21 horas.

No sábado (3), das 7h30 às 8 horas, será realizado credenciamento e recepção, sendo ainda permitida a inscrição. Após, os participantes serão divididos em quatro eixos de discussão. No eixo 1, vão discutir o tema vozes, direitos e fome: avanço e obstáculos para a conquista da alimentação adequada e saudável e da soberania alimentar; no eixo 2, dinâmicas em curso, escolhas estratégicas e alcances da política pública; no eixo 3, fortalecimento do SNSAN (Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional); e, no eixo 4, serão avaliados os avanços, desafios e prioridades entre as propostas da 1ª CMSAN e da 5ª Cesan, o Plamsan (Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional) e o Pesan (Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional).

Cada eixo deve elaborar um relatório e o apresentar à mesa diretora. Após a apresentação, as moções geradas serão apresentadas e votadas, aprovando as que serão levadas para a conferência estadual pelos delegados que serão eleitos também durante o evento. A conferência tem previsão de término para até as 18 horas.

Para quem tem interesse de se candidatar a uma das vagas de delegado, deve participar de toda a conferência. O número de pessoas eleitas para a representação de Joinville na 6ª Cesan depende do número de participantes, sendo de grande importância a participação em toda a programação. Dentre os eleitos, um terço serão representantes governamentais e os outros dois terços representarão a sociedade civil. A 6ª Cesan vai ocorrer nos dias 29 e 30 de outubro deste ano, em Florianópolis.


Edição: Felipe Silveira
Foto: MST
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *