Governo destina R$ 41 milhões para duplicação do acesso ao Distrito Industrial

O governador Carlos Moisés da Silva visitou Joinville nesta sexta-feira (14) e autorizou o início das obras de duplicação do acesso ao Distrito Industrial. O trecho de 5,7 quilômetros compreende as ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister, ligando a BR-101 às universidades Univille e Udesc. No mesmo evento foram assinados repasses ao Festival de Dança e à Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina (Abvesc), além do anúncio do convênio com a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, que já havia sido firmado.

O investimento na duplicação será de R$ 41,41 milhões para os trabalhos, que incluirão uma revitalização do asfalto já existente. A parte física está orçada em R$ 38,58 milhões e a supervisão, que ainda precisa ser licitada, deve ter um custo de até R$ 2,83 milhões. A ordem de serviço, assinada em solenidade na Associação Empresarial de Joinville (Acij).

Segundo o governador, mesmo sem a definição da empresa que fará a supervisão, as obras devem iniciar até julho. A duplicação ficará a cargo da empresa Infrasul. “A gente entende que essas obras de infraestrutura facilitam a vida do empreendedor, com sua logística de produção. São obras prioritárias pelo impacto econômico que elas trazem para as regiões, com projetos aprovados, e que foram deixadas na gaveta por governos anteriores”, afirmou Moisés.

Na avaliação de João Martinelli, presidente da Acij, a duplicação do acesso ao Distrito Industrial é fundamental, pois por ali passa quase 20% do PIB da cidade. “Como ela estava intransitável, isso trazia o fluxo de caminhões para o Centro da cidade. É uma obra que nós vínhamos reivindicando há muitos anos”, frisou Martinelli.

A duplicação do acesso ao Distrito Industrial de Joinville faz parte do plano “Novos Rumos – Santa Catarina em Movimento”, um conjunto de ações estratégicas para melhorar a infraestrutura catarinense e destravar o desenvolvimento de Santa Catarina. Esta foi a terceira obra anunciada pelo programa. A primeira foi o Contorno Viário de Chapecó e a segunda tratou da revitalização da SC-401, a rodovia mais movimentada do Estado, em Florianópolis. As demais serão anunciadas nas próximas semanas.

Outros anúncios

Carlos Moisés garantiu um repasse de R$ 1 milhão ao Festival de Dança. Também foi renovada a parceria com a Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina, que vai receber R$ 6 milhões – R$ 3 milhões em 2019 e R$ 3 milhões em 2020 – para aquisição de equipamentos e manutenção das atividades das 31 corporações espalhadas pelo estado. O Bolshoi joinvilense receberá R$ 3,6 milhões para manutenção.


Edição: Felipe Silveira
Fotos: James Tavares/Governo de SC
Informações: Governo de SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *