Fluminense empata com o Barra e segue na vice-liderança da Série B

Após duas vitórias na Série B do catarinense, o Fluminense tropeçou pela primeira vez na competição. O Tricolor empatou em 2 a 2 com o Barra, na Arena Joinville, e viu o Almirante Barroso se isolar na liderança. Apesar disso, o time comemorou o resultado de igualdade, já que o empate veio no fim do jogo.

O primeiro tempo foi de um jogo bastante equilibrado. O Barra chegou a ter um momento de dominância, mas na maior parte do tempo a bola ficou sendo disputada no meio-campo. O time de Balneário Camboriú tinha na qualidade do seu ataque uma boa arma ofensiva. Oberdan (ex-Flu), Pablo e Jean Carlos eram os principais responsáveis pelas jogadas de perigo dos visitantes. Pelo lado dos mandantes, as principais chances surgiram em cobranças de falta ou escanteios.

Se o primeiro tempo foi truncado, o segundo foi bem aberto. E com isso, os gols saíram. Logo aos dois minutos o Flu abriu o placar. Giovanni foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para dentro da pequena área, Léo Felipe tentou cortar e acabou colocando a bola dentro do próprio gol. Mas a festa do time da casa durou pouco. Logo depois Cassiano errou o bote e fez pênalti em Jean Carlos. O próprio Jean bateu e empatou, 1 a 1.

Aos 17 minutos a virada do Barra. A defesa do Flu bateu cabeça e Jean Carlos aproveitou cruzamento para fazer seu segundo gol no jogo. O time de Balneário Camboriú quase ampliou com Jessé. O camisa oito aproveitou cruzamento e cabeceou no canto, mas Gabriel fez um milagre para evitar o gol. Aos 41 minutos veio o empate tricolor. Alexandre Alemão se esforçou para evitar a saída de bola e, de bicicleta, cruzou para a área. Paganelli se atirou para empatar de cabeça.

O Fluminense ainda reclamou de um pênalti que o árbitro não teria assinalado em cima de Fabiano, mas o jogo acabou mesmo 2 a 2. No final, o Tricolor do Itaum vibrou com o empate conquistado nos minutos finais, que manteve a invencibilidade da equipe.

O zagueiro Paganelli exaltou o resultado e lembrou as dificuldades que a equipe vem tendo para treinar. “Graças a Deus conseguimos o empate no fim. Nessa última semana tivemos bastante dificuldade para treinar, porque com a chuva não temos muitos campos disponíveis na cidade, então acaba sendo mais teórico do que prático”, explicou o capitão do time.

O técnico Valmir Israel atribuiu ao horário da partida, 10 da manhã, como um fator preponderante para que a equipe do Flu não conseguisse fazer um bom jogo. “Acho que o horário atrapalhou. Não estamos acostumados a treinar e nem a jogar nesse horário. Acho que isso atrapalhou bastante”, afirmou.

O próximo jogo do Flu será diante do Juventus, em Jaraguá do Sul, no domingo (16). Já o Barra recebe o Almirante Barroso em Itajaí.


Texto: Vitor Forcellini
Foto: Divulgação/BFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *