Richard Harrison participa de debate na Câmara dos Deputados

O vereador Richard Harrison (MDB) participou, na manhã desta quarta-feira (29), de uma comissão geral na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Ele foi convidado para compartilhar sua experiência na área de segurança pública, com foco no período em que administrou a Penitenciária Industrial de Joinville. Seu nome foi sugerido pela bancada do PSD na Câmara dos Deputados, por meio do deputado federal Darci de Matos.

Harrison defendeu a ressocialização do apenado como forma de enfrentamento à violência. Em média, no Brasil, de cada 100 pessoas que cumprem pena, 80 delas retornam ao sistema prisional. Já na Penitenciária Industrial de Joinville, durante sua gestão, esse índice chegou a apenas 19%.

O joinvilense ainda convidou os presentes à comissão para conhecerem a Penitenciária Industrial de Joinville e o estado de Santa Catarina, onde se encontram, segundo o parlamentar, “a gênese da mudança” para o sistema prisional.

Uma das principais demandas dos agentes penitenciários que foram ao encontro foi a criação da polícia penal por meio da aprovação da proposta de emenda à Constituição 372/17. O texto determina como competência da nova categoria a segurança dos presídios e a escolta de presos, liberando as polícias civis e militares dessas tarefas.

Um ponto criticado na comissão geral foi a terceirização dos serviços penitenciários no Brasil, como já ocorreu no Amazonas. Na avaliação do presidente da Federação Nacional dos Servidores Penitenciários (Fenaspen), Fernando Anunciação, a recente rebelião no estado ocorreu devido a entrega do serviço à iniciativa privada. “A empresa não faz 50% do que prevê no contrato. Não podemos vender o criminoso para a iniciativa privada, para ser explorado”, criticou.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Informações: Assessoria de Richard Harrison | Câmara dos Deputados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *