Nova manifestação pela educação ocorre nesta quinta-feira

Estudantes prometem tomar as ruas do país mais uma vez nesta quinta-feira (30), repetindo o feito do último dia 15, quando foram as ruas de todo o país para protestar contra os cortes na educação pública do governo de Jair Bolsonaro. Na verdade, com o lema “Dia 30 será maior”, eles querem ampliar o movimento, contando com a adesão da população. Serão realizados três atos em Joinville.

Um deles será às 15 horas, na Praça da Bandeira, e outro às 19 horas, na Univille e na Udesc (as universidades são vizinhas). A mobilização tem sido feita pelos diretórios e centros acadêmicos de universidades públicas e privadas. Partidos políticos, do centro à esquerda, e sindicatos apoiam e mobilizam seus militantes para os protestos. Eles também se manifestam contra a proposta de reforma da previdência do governo federal, em tramitação na Câmara dos Deputados.

Outro ato será realizado às 13h30, na Expoville, por cerca de 1.500 pesquisadores, acadêmicos e professores de ensino superior do Brasil e do exterior que estão na 42ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química (RASBQ), evento que ocorre pela primeira vez em Joinville. O objetivo dos manifestantes é sensibilizar a população para a importância e necessidade de investimentos no ensino superior.

Além dos cortes do governo federal, os protestos também são contra a proposta de redução percentual no orçamento da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). O governador Carlos Moisés da Silva sugere, no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, em tramitação na Assembleia Estadual, uma redução de 10% nos repasses à universidade.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Kevin Eduardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *