Fotógrafo apresenta as crianças do Beco do Caminho Curto em exposição

A comunidade do Beco do Caminho Curto, que recentemente foi reconhecida como quilombola, é o tema da nova exposição do fotógrafo Roy Schulenburg. Com abertura marcada para quarta-feira (22), às 19h30, no Garten Shopping, a mostra “Crianças do Caminho” apresenta as crianças da comunidade e reflete sobre o racismo na região e no Brasil.

O trabalho é resultado do envolvimento de Roy com o Projeto Caminho Curto, desenvolvido pela Univille. Desde 2018, professores e estudantes dos cursos de História, Direito e Publicidade e Propaganda trabalham junto à comunidade, promovendo atividades e oficinas envolvendo assuntos como direitos humanos, debates pertinentes às populações afrodescendentes, bem como direitos ligados à terra, saúde e educação.

Mesmo sabendo que uma pessoa branca nunca vai compreender completamente o racismo, Roy entende que precisamos encontrar caminhos para discutir a estrutura racial enraizada na sociedade. Para isso, ele acredita que é preciso ouvir, entender o que é lugar de fala e fortalecer o processo de empatia. “Só assim podemos vislumbrar e contribuir para um futuro de igualdade e antirracista”, afirmou.

E é exatamente sobre o futuro que Roy quer falar com sua exposição, em que busca expressar, pelo olhar puro das crianças que vivem na comunidade, a esperança de um mundo melhor. Para ele, é por essas crianças que a sociedade precisa rever padrões e não diminuir a dimensão dos problemas raciais.

Roy Schulenburg tem 35 anos, nasceu em Florianópolis, mas vive em Joinville há bastante tempo. É formado em Design, especialista em design gráfico e estratégia corporativa, e mestre em Design. Já trabalhou com grafite, colagem e agora se dedica à fotografia e à videografia. Atualmente, trabalha como professor no ensino superior, lecionando nos cursos de Design, Fotografia, Engenharia de Software e Sistemas de Informação, além de especializações.

“Crianças no Caminho” tem curadoria de Marc Engler e fica na Galeria de Arte Garten até o dia 2 de julho.


Texto: Felipe Silveira
Foto: Roy Schulenburg/Divulgação
Informações: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *