Resultados de pesquisa sobre jornalismo serão apresentados nesta quinta

A mais ampla pesquisa já realizada sobre o jornalismo em Joinville apresenta seus resultados nesta quinta-feira (9), às 19 horas, no auditório da Faculdade Ielusc (Centro). A pesquisa Governança, Produção e Sustentabilidade para um Jornalismo de Novo Tipo (GPSJor) teve início em 2015 e envolveu 2.577 pessoas. O evento tem entrada franca e é aberto à comunidade.

O estudo foi desenvolvido por pesquisadores dos Programas de Pós-Graduação em Jornalismo e de Sociologia Política da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), do Curso de Jornalismo da Faculdade Ielusc e do Mestrado em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Os dados foram obtidos entre junho de 2016 e abril de 2018, combinando uma série de instrumentos de pesquisa, como entrevistas exploratórias, questionários, enquete online, entrevistas em profundidade, grupos de trabalho compostos por jornalistas e representantes da sociedade, revisão bibliográfica e observação de casos de inovação no jornalismo.

“Os resultados refletem as perspectivas dos variados públicos que se relacionam com o jornalismo local: profissionais, audiências, fontes de informação, anunciantes, publicitários, proprietários e outros”, explicou o professor Jacques Mick (UFSC), um dos coordenadores do GPSJor.

Na opinião da professora Maria Elisa Máximo, Coordenadora de Ciências Sociais Aplicadas da Faculdade Ielusc, a experiência interinstitucional de pesquisa proporcionada pelo GPSJor trouxe uma contribuição concreta à sociedade joinvilense. “Os resultados podem e devem ser utilizados pelos profissionais de mídia e também pelo público consumidor de informação para que Joinville possa construir uma prática jornalística ainda melhor”, afirmou.

A investigação teve início em setembro de 2015, com recursos próprios do Ielusc e da UFSC e, a partir de julho de 2017, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A etapa joinvilense do GPSJor foi a primeira de um projeto criado com o objetivo de ser reproduzido em outros territórios e realidades.


Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *