Livro sobre autoritarismo e pedagogia será lançado na Udesc Joinville

A professora aposentada Áurea Oliveira Silva, de 76 anos de idade, lança seu primeiro livro nesta sexta-feira (3), na Udesc Joinville. “O Estado Autoritário e a Pedagogia do Silêncio” é resultado do seu trabalho de dissertação de Mestrado em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O encontro será às 18h30, no auditório do Bloco F.

Presa pela ditadura e exilada durante boa parte dos anos 70, retornou ao Brasil em 1980. Dedicou-se aos estudos no campo da Educação. O livro trata justamente das consequências da ditadura brasileira nesta área. A autora questiona como a repressão física e psicológica do Estado, em colaboração com instituições da sociedade civil, provoca o silêncio, a alienação e o exílio interno e externo

Ela mostra como os aparelhos repressivos e ideológicos educou os indivíduos ao silêncio, mas também aborda a construção da resistência ao processo opressor. Para explicá-la, seguiu pela história dos movimentos e as diversas formas que os catarinenses encontraram para sobreviver e se rebelar. Registrou, por meio de entrevistas, muitas vezes dramáticas, a luta contra a ditadura, a solidariedade, as dores, as perdas sociais e individuais.

O evento, que vai contar com palestra e sessão de autógrafos, é organizado pelo professor do Departamento de Química, Gustavo Silva Queiroz, sobrinho-neto da autora. Durante a tarde, o Cineclube CCT da Udesc Joinville exibirá o filme “Pra frente, Brasil”, dirigido por Roberto Farias, que retrata a repressão da ditadura militar brasileira. A sessão será realizada antes da palestra, às 15h30.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Rodolfo Espinola/Alesc
Informações: Udesc Joinville | Editora Insular

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *