Curso de Turismo de Natureza é realizado em São Francisco do Sul

O Projeto Toninhas, que há mais de 15 anos atua na conservação do golfinho mais ameaçado da costa brasileira, realiza na segunda quinzena de abril o curso “Turismo de Natureza: Desafios e Oportunidades”. A formação é voltada para operadores de turismo aquaviário e gestores que atuam na Baía Babitonga, abrigo de toninhas, botos-cinza, tartarugas-marinhas e diversas espécies de aves e peixes.

Com um componente teórico e um prático, o curso irá abordar temas ligados a práticas sustentáveis de observação da natureza, capacitando os operadores para o avistamento de pequenos cetáceos, aves aquáticas e ecossistemas da baía.

De acordo com a coordenadora geral do Projeto Toninhas, Marta Cremer, a ideia é fornecer aos participantes informações técnicas e curiosidades sobre a fauna e flora da região. “Esperamos que o curso possa agregar valor aos passeios realizados, tornando esta uma atividade com viés ecológico e em prol da conservação”, explica a pesquisadora.

Marta ainda conta que a busca por alternativas e saídas sustentáveis para a conservação sempre foram uma preocupação do projeto. “Tão importante quanto tornar conhecida a toninha e a rica biodiversidade da Baía Babitonga, é pensar em meios que possibilitem o desenvolvimento das comunidades locais de forma aliada à conservação e a qualidade de vida das pessoas”.

O curso será ministrado por integrantes do Projeto Toninhas e conta com nomes já reconhecidos na área. O engenheiro florestal Ricardo Aguiar Borges, da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) deve falar sobre o projeto “A Grande Reserva Mata Atlântica”. Anelise Rosa, da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville, abordará questões relativas ao Turismo Pedagógico de Base Comunitária do Programa “Viva Ciranda”.

A formação gratuita ocorre nos dias nos dias 23 e 24 de abril. A terça-feira está destinada à programação teórica, que irá ocorrer no Portal Turístico Naval. Já na quarta-feira pela manhã estão previstas saídas de barco para o exercício das técnicas aprendidas no dia anterior. Operadoras de turismo estão sendo convidadas pelo projeto a participar.

Edição: Felipe Silveira
Foto e informações: Projeto Toninhas/Univille

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *