Rede municipal adere aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Todas as escolas e Centros de Educação Infantil (CEIs) da Rede Municipal de Ensino de Joinville passam a aderir, nesta semana, aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU). O movimento “Vivenciando os ODS nas Escolas” ocorre entre os dias 15 a 18 de abril em 156 unidades municipais.

Os ODS são 17 objetivos mundiais para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas até 2030. A adesão foi iniciada em 2010 nos CEIs e agora foi estendida para as escolas municipais.

De acordo com a secretária de Educação, Sônia Victorino Fachini, as escolas e CEIs já possuem nas suas práticas muitos dos ODS. A adesão de toda rede ocorre para estimular ainda mais as mudanças de atitude. “Esse próximo passo serve como articulação dos espaços educadores sustentáveis com os ODS, algo já iniciado com o nosso programa Reinventando o Espaço Escolar, pioneiro no Brasil”, afirma a secretária.

A proposta foi incluída no Plano Municipal de Educação (PME) como forma de tornar uma política pública municipal. Em 2013, o programa recebeu visibilidade nacional ao receber o Prêmio Inovação de Gestão Educacional do Ministério da Educação.

Ações

Nesta semana, as unidades das rede municipal de Ensino desenvolvem atividades com alunos e comunidade para divulgar os trabalhos desenvolvidos pelos estudantes articulados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e aos espaços educadores sustentáveis. Vão ocorrer diversas ações, como pintura de muros e calçadas com símbolos dos 17 objetivos.

No CEI Raio de Sol, no bairro Vila Nova, todos os espaços se tornaram educadores sustentáveis. A unidade possui captação da água da chuva, reaproveitamento da drenagem dos aparelhos de ar condicionado, horta pedagógica, entre outras práticas. A ação foi além dos muros, com a transformação de um terreno que fica ao lado do CEI. “Era um local que os moradores despejavam lixo e que foi revitalizado e transformado”, explicou Marlene Zimmer, que foi diretora do CEI e atualmente trabalha na formação de gestores e professores.

Já na Escola Municipal Prefeito Max Colin, os alunos do 9º ano vão atuar como multiplicadores das ações sustentáveis dentro da própria escola e na comunidade do bairro Iririú.

Centro de formação

Como forma incluir o tema desenvolvimento sustentável no currículo escolar e instrumentalizar os profissionais, a Secretaria de Educação criou recentemente o Centro de Formação Continuada Educação para a Sustentabilidade. O objetivo de institucionalizar o programa Reinventando os Espaços Escolares disposto no PME  e atender as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação na implantação de espaços educadores sustentáveis.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Rogerio da Silva/Prefeitura
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *