Governo Federal quer privatizar parques entre RS e de SC

Durante encontro em Cambará do Sul, na serra gaúcha, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, anunciou a concessão de dois parques nacionais: Aparados da Serra e Serra Geral. Na região, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, repousam as mais conhecidas e profundas fendas: os cânions Itaimbezinho, Malacara e Fortaleza.

O ministro foi acompanhado do secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável Econômico, Lucas Esmeraldino, e pelo governador gaúcho, Eduardo Leite, além de prefeitos catarinenses e gaúchos, deputados e senadores. O presidente do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Venancio Valdez, também estava presente.

De acordo com o ministro, o setor privado será consultado no momento da elaboração do modelo de concessões, mas “não será permitido que seja feito nada que coloque em risco o meio ambiente”.

Os dois parques, que formam a divisa natural entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina, possuem uma área total 30,4 mil hectares. Com profundidade de até 700 metros, paredões verticais, fenda estreita, o cânion Itaimbezinho é um dos maiores das Américas. A expectativa é que o número de turistas passe de 250 mil a 1 milhão por ano só no Aparados da Serra.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Mariane Mendes/Governo de SC
Informações: Governo de SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *