Secretaria da Saúde faz novo mutirão contra o mosquito da dengue

Nesta quinta-feira (4), a Secretaria da Saúde de Joinville, por meio do Serviço de Vigilância Ambiental, com apoio de soldados do 62° Batalhão de Infantaria, realiza mais um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, no bairro Floresta. Até o início desta semana foram encontrados 26 focos do mosquito nessa região, onde também foi registrado um dos dois casos de dengue autóctone (contraída no território do município), no mês de março.

De acordo com a coordenadora do Serviço de Vigilância Ambiental, Nicoli dos Anjos, a participação do Exército foi uma solicitação do município com o objetivo de juntar forças e alcançar resultados mais rápidos e efetivos no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. O inseto também é um dos vetores que transmitem a febre amarela.

O trabalho em parceria trouxe bons resultados nos mutirões realizados no mês passado, nos bairros Fátima, Jarivatuba e Boa Vista. Durante o mutirão no bairro Floresta, os agentes de endemia também farão a coleta larvária para verificar se ainda há proliferação de focos do Aedes aegypti dentro das residências.

“Juntos, os agentes de endemia da Vigilância Ambiental e os soldados do 62° BI conseguiram eliminar muitos recipientes de água, diminuindo a proliferação do vetor. Nas visitas às residências também houve mais agilidade, pois enquanto parte da equipe dava as orientações aos moradores, outros já faziam as vistorias”, relata Nicoli.

Números atualizados do Serviço de Vigilância Ambiental apontam identificação de 900 focos do mosquito na cidade, desde o início deste ano. Os bairros mais críticos são o Boa Vista (188 focos), Jarivatuba (77 focos), Bucarein (71 focos) Fátima (65 focos) e Floresta (26 focos).

Edição: Felipe Silveira
Foto: Phelippe José/Prefeitura
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *