Confirmada a primeira vítima de febre amarela contraída em Joinville

A vítima morreu no dia 12 de março, mas a causa do óbito só foi confirmada nesta quinta-feira (28), e traz uma informação preocupante. Um homem de 36 anos, morador de Joinville, foi a primeira vítima de febre amarela contraída em Joinville. Também foi o primeiro caso em Santa Catarina, estado que não registrava a doença entre humanos desde 1966.

Por isso, a Secretaria da Saúde reforça a necessidade de vacinação. Joinville ainda está muito longe de bater a meta, que é de 473.262 pessoas. Ainda faltam 266 mil pessoas. Ações de vacinação tem ocorrido constantemente nos últimos meses, inclusive de porta em porta na região rural, mas a procura ainda é baixa nas unidades de saúde.

Por conta da primeira vítima, técnicos do setor de Imunização da Secretaria da Saúde de Joinville vão realizar a vacinação de casa em casa no raio de 300 metros do local provável de infecção.

A orientação da Secretaria da Saúde é que as pessoas que ainda não tomaram a vacina contra a doença, que procurem as unidades de saúdes próximas para a medicação preventiva. As pessoas devem levar junto a Carteira de Vacinação. O público-alvo são pessoas acima de 9 meses até 59 anos de idade. Uma dose basta para ficar protegido da doença.

Vacinação no sábado

Seis unidades de saúde de estarão abertas para vacinação contra a Febre Amarela neste sábado (30). A Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Pirabeiraba funcionará das 8 às 16 horas. A UBSF Cubatão abrirá das 8 às 12 horas. A Unidade Básica de Saúde (UBS) Aventureiro 1 atenderá das 8 às 16 horas. E a UBS Parque Joinville abrirá das 7 às 16 horas. A UBSF Floresta e a UBS Vila Nova Sede estarão funcionando das 8 às 17 horas.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Agência Brasil
Informações: Prefeitura

Um comentário em “Confirmada a primeira vítima de febre amarela contraída em Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *