Coelho quer proibir uso particular de milhas aéreas adquiridas com dinheiro público

O deputado federal Rodrigo Coelho (PSB) quer reverter ao Poder Público prêmios ou créditos em milhagens aéreas acumulados com passagens bancadas com recursos públicos. Dessa forma, ficará proibido o uso das milhas para fins pessoais e apenas o órgão que gerou o benefício poderá usá-lo. O assunto será discutido na tramitação do Projeto de Lei 1786/2019, de autoria do joinvilense.

“A aquisição de passagens aéreas é feita pelo Poder Público, mas quem acumula as milhagens são os representantes públicos, mesmo sem ter desembolsado um centavo na compra do bilhete aéreo”, defendeu Coelho, que observa tal prática como uma contradição aos princípios da Moralidade e Impessoalidade.

Não é a primeira vez que o parlamentar se manifesta sobre esse assunto. Em 2017, quando exercia o mandato de vereador, Rodrigo Coelho apresentou a mesma proposta. A ideia foi aprovada pelos parlamentares, mas vetada pelo prefeito. Os vereadores mantiveram o veto.

“Agora, na condição de deputado federal, tenho a convicção da importância dessa pauta para o nosso Brasil. Se transformado em lei, o projeto possibilitará a geração de benefícios em passagens que serão utilizadas no interesse da administração pública”, finalizou.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Lucyenne Landim/Divulgação
Informações: Assessoria de Rodrigo Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *