Joinville está perto de ser um destino comercializado pela CVC

Tendo como atrativo principal a Escola do Teatro Bolshoi, Joinville deve se tornar um dos destinos comercializados pela CVC Viagens e Turismo, maior operadora de turismo da América Latina. A convite do Joinville e Região Convention & Visitors Bureau e da Escola Bolshoi, na última quinta (14) e sexta-feira (15), representantes da CVC estiveram em Joinville para conhecer as potencialidades e atrativos da cidade.

O grupo visitou locais emblemáticos da cidade, como o Mirante do Boa Vista, o Instituto Internacional Juarez Machado, o Parque Hemerocallis, uma cervejaria artesanal local e, como ponto alto do roteiro, assistiu ao espetáculo Gala Bolshoi, em homenagem aos 19 anos da Escola, realizado no Teatro Juarez Machado.

“Seremos a primeira e única operadora que levará turistas a vivenciar o Bolshoi, no Brasil. Nossa ideia é criar pacotes rodoviários para a região, com produtos para o fim de semana, tendo como carro chefe a Escola Bolshoi, um grande atrativo da região”, prevê Paula Rorato, gerente executiva de Produtos Terrestre Sul e Centro-Oeste.

“Nossa percepção foi positiva. Joinville é uma cidade limpa, bonita, que transmite sensação de segurança, com hotéis de qualidade e de redes presentes nos grandes centros e excelente gastronomia. É um destino com bastante a oferecer”, afirmou Paula.

Outro ponto que conta é o fato de, segundo Paula, “Joinville estar próxima a outros lugares que já atendemos. A ideia é tornar a cidade base e ponto de hospedagem, não apenas local de passagem. Vamos aproveitar as tarifas baixas de fim de semana, ao contrário do que acontece em locais da região”.

Para a presidente do Joinville Convention, Vanessa Venzke Falk, a parceria com a CVC é um marco para o turismo da cidade: “Depois de se consolidar no turismo de negócios, vamos impulsionar o turismo de lazer. Joinville oferece diversas opções do que fazer e atrativos na área cultural que podem agregar com roteiros da região”.

Após essa primeira etapa, dedicada à identificação dos atrativos da cidade, a CVC deve iniciar a fase de negociações com hotéis, serviços, agentes de receptivo e fornecedores. A CVC possui 1,3 mil lojas no Brasil e 4 mil agências de viagens credenciadas, além dos canais de vendas online.

Edição: Alexandre Perger
Foto: Divulgação