Implantação do estacionamento rotativo deve custar R$ 65,2 mil

O custo da instalação do novo sistema de estacionamento rotativo na região central de Joinville está estimado em R$ 65,2 mil. Do total, R$ 42,7 mil serão destinados à sinalização do sistema, incluindo a pintura das vagas e o uso de placas ou adesivos sobre as placas já existentes. A outra parte será destinada à aquisição de tablets e impressoras para o sistema.

A informação foi divulgada na Comissão de Finanças da Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ), na quarta-feira (13), que discute a revogação da lei que regula a situação na atualidade. A prefeitura quer a revogação da lei para instalar o novo sistema por decreto municipal.

As informações foram solicitadas pela vereadora Tânia Larson (SD), que também pediu outros detalhes sobre a proposta do Executivo. Conforme as informações prestadas pela prefeitura, o sistema vai contar com 905 vagas, a maioria na região do Centro Histórico de Joinville.

Pela proposta, dez agentes de trânsito (dos 78 que o Detrans tem contratados hoje), munidos de equipamentos como tablets, deverão fazer rondas nas vias do rotativo fotografando veículos nas vagas. Aqueles que passarem mais do que o tempo determinado em decreto, sendo novamente fotografados, levarão multa, conforme o Código de Trânsito Brasileiro, de R$ 195,23. A sistematização das multas deve ser feita com o uso de software desenvolvido por empresa do governo federal, a Serpro.

Agora Tânia Larson aguarda um parecer técnico da consultoria de finanças da CVJ para dar seu parecer. O vereador Fábio Dalonso (PSD) também pediu um prazo para dar seu voto. Uma nova reunião sobre o tema está marcada para esta quinta-feira (14), às 17 horas.

A proposta municipal tem apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Joinville, que pedem urgência para solucionar a questão.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Mauro Arthur Schlieck/CVJ
Informações: CVJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *