Documentário Yvymbyte será exibido nesta quarta-feira

Será exibido, nesta quarta-feira (13), no anfiteatro da Faculdade Ielusc, o documentário “Yvymbyte – A sabedoria dos mbya kuery”. O curta-metragem, que foi produzido coletivamente na Aldeia Piraí, na região norte de Santa Catarina, retrata perspectiva guarani contemporânea. A atividade, que vai contar com uma conversa depois do filme, começa às 19 horas.

As jornalistas Bárbara Elice da Silva e Naiara Larsen, que são parte do braço urbano da produção do filme, são egressas do curso de jornalismo da faculdade luterana. Além delas, o filme também foi conduzido por uma equipe de indígenas que vive na aldeia: Ara Poty, Werá Poty e Jera Poty. A proposta recebeu, em 2017, o Prêmio de Culturas Populares do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura.

Produzido ao longo de 2018, o filme de aproximadamente 27 minutos tem entrevistas conduzidas pelas lideranças e os diálogos são, em grande parte, em língua guarani com legendas em português. As entrevistas tocam em temas como educação, meio ambiente, conflitos sociais, demarcação de terras indígenas e espiritualidade.

Equipe entrevista liderança da aldeia

O filme já contou com duas exibições públicas. A primeira foi na Aldeia Piraí, no dia 26 de janeiro. A segunda foi na UniSociesc, no dia 22 de fevereiro, na aula inaugural do curso de Cinema da instituição (foto no topo). Nas duas ocasiões, a equipe que produziu o filme conversou sobre detalhes da produção, algo que também está planejado para o evento no Ielusc.

Além das exibições públicas, o filme está disponível disponível gratuitamente na plataforma videocamp.com, que reúne produções de impacto social. Para assisti-lo, basta uma organizar uma exibição com no mínimo cinco pessoas, em qualquer lugar.

Um dos objetivos das realizadoras é auxiliar educadores, estudantes e interessados a dialogar e compreender melhor a realidade das comunidades indígenas da região Norte de Santa Catarina – onde há, atualmente, dez aldeias.

Texto: Felipe Silveira
Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *