Guarda Municipal inicia as atividades do projeto Escola Cidadã

A Guarda Municipal de Joinville, unidade operacional da Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot), deu início às atividades do projeto Escola Cidadã, inciativa da Unidade de Segurança Pública, em parceria com a Secretaria de Educação (SED).

O projeto promove palestras para alunos, pais e professores, além de atividades extracurriculares para os alunos. As ações têm o objetivo de conscientizar a comunidade escolar sobre temas direcionados às dificuldades identificadas nas unidades de ensino e promover a cidadania e uma melhor qualidade de vida no ambiente escolar.

Nos dias 25, 27 e 28 de fevereiro, a Guarda Municipal se reuniu com as comunidades das escolas municipais Anaburgo, no Vila Nova; Presidente Castello Branco, no Boa Vista; e Elizabeth Von Dreifuss, no Morro do Meio. O objetivo foi levar aos pais de alunos o conhecimento sobre o Ciclo de Conversas que realizarão com os estudantes durante o ano. Os temas que serão trabalhados nas palestras são Direitos e Deveres – Cidadania, Bullying, Cyberbullying, Drogas Lícitas e Ilícitas. A Guarda Municipal vai trabalhar um tema por trimestre.

O projeto Escola Cidadã alcançou cinco escolas em 2018 e um total de 2.319 crianças. Para este ano, o objetivo é dobrar o número de escolas atendidas. As escolas municipais Professor Sylvio Sniecikovski, Professor Oswaldo Cabral, Prefeito Nilson Wilson Bender, Professora Rosa Maria Berezoski Demarchi e Doutor Ruben Roberto Schmidlin receberam o projeto no ano passado.

Para 2019, outras cinco escolas serão adicionadas ao grupo, chegando ao número de dez instituições atendidas. “Vamos alcançar mais escolas através de novas parcerias. Além de ampliar a participação dos Bombeiros Voluntários, também contamos, neste ano, com a parceria do Departamento de Psicologia da Univille”, explicou a gerente da Unidade de Segurança Pública da Seprot, Marlete Amorim.

Segundo Marlete, o projeto quer unir diferentes setores para prestar um atendimento completo aos estudantes e suas famílias, promovendo uma articulação para tornar cada vez melhor o relacionamento entre a comunidade e a escola. “Estamos trabalhando a intersetorialidade em parceria com todos os serviços oferecidos pelo município para melhorar a qualidade de vida no ambiente escolar”, completa Marlete.

O Escola Cidadã conta com o apoio da Secretaria de Assistência Social (SAS), Secretaria de Esportes (Sesporte), Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) e Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud).

Edição: Kaue Vezentainer
Foto: Phelippe José/Prefeitura
Foto e informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *