Exportação de banana catarinense bate recorde em 2018

Santa Catarina faturou US$ 20,3 milhões com o embarque de mais de 64,8 mil toneladas de banana em 2018. O número representa 58% a mais nas exportações do produto do que no ano anterior. O estado é o quarto maior produtor de banana do país, com cerca de 3.400 bananicultores e mais de 28 mil hectares plantados.

Os números estão disponíveis no Boletim Agropecuário elaborado pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa). Os dados mostram que o valor das exportações foi ainda maior. De 2017 a 2018, foi registrado o aumento de 58% no volume e 76% no valor. Os principais mercados para a produção de Santa Catarina são Argentina e Uruguai.

A produção está concentrada no norte do estado e no Vale do Itajaí, principalmente nos municípios de Corupá, Jaraguá do Sul, Massaranduba e Luiz Alves. A produção se mantém constante no estado e a safra estimada é de 717,7 mil toneladas, com um rendimento de 25,2 toneladas por hectare.

A banana produzida na região de Corupá é considerada a mais doce do Brasil. O reconhecimento do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) é válido para as frutas produzidas nos limites da região formada entre os municípios de Corupá, São Bento do Sul, Schroeder e Jaraguá do Sul.

O INPI reconhece que a banana da região é naturalmente mais doce por causa das características do solo, relevo e clima. Com o slogan “Banana de Corupá: doce por natureza”, a fruta se tornará patrimônio regional e terá um diferencial competitivo.

Com a Indicação Geográfica, os bananicultores da região poderão utilizar o selo de origem em seus produtos, desde que sigam um regulamento de produção e procedência, que dará aos consumidores garantia da qualidade diferenciada da fruta.

Edição: Felipe Silveira
Foto: James Tavares/Governo de SC
Informações: Governo de SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *