Crimes ambientais quintuplicam na comarca de Joinville

O número de crimes ambientais de menor potencial ofensivo aumentou cinco vezes em Joinville. Nos dois primeiros meses do ano, o Juizado Especial Criminal e Delitos de Trânsito (Jecrim) julgou 11 processos, contra dois no mesmo período do ano passado.

O maior volume de processos está relacionado a maus-tratos a animais e também pessoas que mantêm, em cativeiro, exemplares da fauna silvestre sem licença (pássaros engaiolados sem anilha), que configuram delitos ambientais.

O juiz Décio Menna Barreto de Araújo Filho, titular do Jecrim, acredita que esse aumento se deve a uma maior fiscalização nos últimos meses pelos órgãos responsáveis.

São considerados infrações de menor potencial ofensivo os crimes a que a lei impõe pena máxima não superior a dois anos ou multa. Já os crimes ambientais de maior potencial ofensivo, em Joinville, são de responsabilidade da 1ª Vara Criminal da comarca.

Edição: Alexandre Perger
Foto: Ibama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *