Richard Harrison é o líder do governo em 2019

Os vereadores estão apenas na metade do mandato e, na teoria, pouca coisa deveria mudar neste período da legislatura. Porém, o início de um novo biênio e a influência da eleição nacional provocaram alterações relevantes na Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ).

Uma delas é o criação do bloco de oposição no legislativo, que teve, no centro da discussão, a briga pela presidência da Comissão de Legislação, Justiça e Redação, a mais importante da câmara, na qual são discutidos todos os projetos. Quem venceu a queda de braço foi Richard Harrison (MDB), que também é o novo líder do governo de Udo Döhler no parlamento.

O próprio Harrison acusou, na tribuna, durante as discussões sobre a sessão obstruída, que o câmara só estava naquela situação porque o vereador Maurício Peixer (PR) não queria abrir mão da cadeira. “O que está se discutindo, realmente, são os espaços dentro das comissões. Essas são as vaidades. Tem um que está há seis anos, sei lá, quatro anos, na presidência, e não quer sair sob hipótese alguma. Nós somos novos, exijo meu espaço e vou brigar por ele”, disse o parlamentar na última quarta-feira (6), na reunião que buscava um consenso para finalizar a primeira sessão.

Estreante na comissão, Harrison falou que será um desafio conduzir a comissão sem a experiência do consultor jurídico Maurício Rosskamp, morto em dezembro de 2018, e enalteceu a importância dos servidores que irão auxiliar nos trabalhos. Além de Legislação, Harrison também vai presidir a Comissão de Proteção Civil e Segurança Pública.

Líderes

Harrison foi indicado pelo prefeito no fim do ano passado, substituindo o vereador Cláudio Aragão (MDB), eleito presidente da Mesa Diretora. Essa indicação cabe ao chefe do Executivo, que escolhe um parlamentar para defender os interesses do governo no parlamento.

Os outros líderes são escolhidos na primeira sessão do ano, que começou na penúltima segunda-feira (4) e terminou na última (11). O bloco formado por PR, PSDB, PSC, Solidariedade e PSB indicou Maurício Peixer (PR) como líder. Já o bloco composto por MDB, PDT e Pros é liderado por Mauricinho Soares (MDB). Fabio Dalonso, do PSD, lidera a minoria na Câmara.

De acordo com o regimento da CVJ, é responsabilidade dos líderes indicar substitutos em comissões permanentes e membros em comissões especiais, parlamentares de inquérito e processantes. Eles também podem usar a palavra em Plenário para assuntos que considerem relevantes e para rebater acusação sobre sua bancada ou bloco parlamentar.

Veja quem são os líderes de cada partido na CVJ

MDB – Mauricinho Soares
PSB – Ninfo König
Solidariedade – Tânia Larson
PSDB – Odir Nunes
PR – Maurício Peixer
PSC – Jaime Evaristo
PDT – James Schroeder
PSD – Fabio Dalonso
Pros – Ana Rita

Texto: Felipe Silveira
Foto: Arquivo/CVJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *