Sessão é desobstruída e vereadores definem comissões

Eram 14h25 quando as luzes do Plenário, depois de longos dias no escuro, foram acesas para a volta dos trabalhos na Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ). Obstruída desde a terça-feira (5), a primeira sessão legislativa do ano, que começou na segunda-feira (4), finalmente terminou. E, como determina o regimento interno do órgão, foram definidas as formações das comissões parlamentares.

Entenda tudo
Habemus oposição? Vereadores formam bloco sem MDB
Oposição obstrui trabalhos na Câmara de Vereadores
Tempo continua fechado na Câmara de Vereadores

O impasse de semana passada, relacionado ao racha do PR, foi, pelo menos por enquanto, resolvido. Maurício Peixer (PR) desistiu de presidir a Comissão de Legislação, considerada a mais importante do câmara, e Pelé (PR) desistiu de rachar o PR, o que consequentemente racharia o bloco de oposição.

Agora a CVJ tem três blocos. Na oposição, embora prefiram a palavra “independência”, estão os vereadores dos seguintes partidos: PR, PSB, PSDB, SD e PSC. Eles somam 11 vereadores. Na situação estão os parlamentares do partido do prefeito, o MDB, além de PDT e PROS, somando sete membros. A minoria é composta por apenas um vereador, Fabio Dalonso (PSD).

Mas nem tudo é tão simples. Nem todos os parlamentares do bloco independente estão à vontade nessa situação, como ficou demonstrado no imbróglio envolvendo o PR. A decisão, porém, é dos líderes dos partidos. Além de Pelé (PR), Natanael Jordão (PSDB) e Wilson Paraíba  (PSB) são outros que demonstraram insatisfação com o bloco na discussão de semana passada.

Por outro lado, alinhado ao bloco está o emedebista Rodrigo Fachini, que demonstrou muita insatisfação por ter sido escanteado na discussão sobre a divisão das comissões, abraçando o bloco que se insurgiu contra o governo. Ele não pode, oficialmente, compor a bloco oposicionista, mas a postura deve se alinhar.

Veja como ficaram as comissões

Legislação, Justiça e Redação

Richard Harrison (MDB) – presidente
Maurício Peixer (PR) – secretário
Fábio Dalonso (PSD)
Rodrigo Fachini (MDB)
Natanael Jordão (PSDB)

Urbanismo, Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente

Jaime Evaristo (PSC) – presidente
Fábio Dalonso (PSD) – secretário
Adilson Girardi (SD)
Maurício Peixer (PR)
Tânia Larson (SD)

Finanças, Orçamento e Contas do Município

Ninfo König (PSB) – presidente
Tânia Larson (SD) – secretária
Fábio Dalonso (PSD)
Roque Mattei (MDB)
Wilson Paraíba (PSB)

Cidadania e Direitos Humanos

Odir Nunes (PSDB) – presidente
Roque Mattei (MDB) – secretário
Mauricinho Soares (MDB)
Rodrigo Fachini (MDB)
Pelé (PR)

Proteção Civil e Segurança Pública

Richard Harrison (MDB) – presidente
Natanael Jordão (PSDB) – secretário
Iracema Bento (PSB)
Jaime Evaristo (PSC)
Wilson Paraíba (PSB)

Educação, Cultura, Desportos, Ciência e Tecnologia

Roque Mattei (MDB) – presidente
Iracema Bento (PSB) – secretário
Pelé (PR)

Saúde, Assistência e Previdência Social

Mauricinho Soares (MDB) – presidente
Maurício Peixer (PR) – secretário
Adilson Girardi ( SD)

Economia, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo

Adilson Girardi (SD) – presidente
Natanael Jordão (PSDB) – secretário
Odir Nunes (PSDB)

Texto: Felipe Silveira
Foto: Mauro Arthur Schlieck/CVJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *