Pedido de CPI da Ponte Hercílio Luz é protocolado na Alesc

Conduzido pelos deputados Bruno Souza (PSB) e Jessé Lopes (PSL), o pedido de instauração da Comissão Parlamentar de Investigação (CPI) sobre as obras da Ponte Hercílio Luz foi protocolado na tarde desta quarta-feira (6), na Assembleia Legislativa, com 26 assinaturas parlamentares.

Alguns deputados comentaram o assunto na sessão ordinária. “São mais de R$ 700 milhões em reformas, precisamos abrir esta caixa-preta”,  concordou João Amin (PP). “Foi um dos primeiros a ser procurado e assinei”, revelou Mauricio Eskudlark (PR).

Leia também
Novos deputados de Joinville assinam pedido de CPI da Ponte Hercílio Luz

Depois de protocolado, o pedido será encaminhado à presidência. “O presidente irá decidir se pede para os líderes dos partidos encaminharem em bloco os membros da CPI ou se encaminha para a procuradoria. Eu, particularmente, acredito que tenha um fato determinado muito claro e o passo recomendado deveria ser que os líderes indicassem os membros para que a gente pudesse instaurar, então, a CPI”, explicou Bruno Souza.

A CPI tem um prazo de 120 dias para apresentar um relatório, prorrogável por mais 120 dias. “Então, nesse período, nós temos que apresentar de fato uma recomendação. Os próximos passos são esses. Agora, é preciso indicar os membros para a composição da CPI”, conclui o parlamentar.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Facebook de Bruno Souza
Informações: Agência Alesc

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *