Misterioso, Zé Teodoro esconde o JEC que vai encarar o Figueira na Arena

O técnico Zé Teodoro não deu chance para os jornalistas que participaram, na tarde desta sexta-feira (1), da coletiva de imprensa que antecede o jogo deste sábado entre Joinville e Figueirense, válido pela 6ª rodada do Catarinense. A cada tentativa de tirar a escalação que será a titular, o treinador desconversava, sem confirmar o sistema ofensivo.

A defesa e dupla de volantes terão os mesmos nomes do empate em 0 a 0 contra o Hercílio Luz, na última terça-feira, em Tubarão. As mudanças estão na frente. Substituído no intervalo, Rodrigo Figueiredo deve perder a vaga de organizador do time para Caíque ou Robert, dupla que pode ser titular caso Zé escolha um para também atuar pelo lado direito do ataque.

No lado esquerdo, Nathan Cachorrão deve seguir como titular. A alteração mais sentida pode ser a saída de Rafael Grampola para a entrada de Hugo Almeida, que poderia dar sustentação à troca de passes no meio-campo.

“Se vamos começar com uma linha de quatro (no meio-campo) ou explorando mais os lados, nós vamos saber a partir das informações que vamos ter (do Figueirense)”, explicou o treinador sobre usar o 4-4-2 (dois meias) ou 4-2-3-1 (dois atacantes de velocidade) .

“A tendência natural é mexer o mínimo possível na equipe para darmos uma sequência, embora também tenhamos que analisar a parte física”, ressaltou, indicando que pode haver troca após “sentir” dos atletas o estado de cada no dia do jogo.

Um provável time tem: Jefferson; Ananias, Luan, Marlon e Tiago Costa; L. Bulhões, Clécio e Caíque; Robert (Daniel Gonçalves ou Caxito), Nathan Cachorrão e Grampola (Hugo Almeida).

Após poupar, Figueira de Hemerson Maria vem com time principal

Depois de poupar sete titulares no empate contra o Metropolitano na última quarta-feira, o técnico Hemerson Maria, que, pela primeira vez voltará à Arena Joinville para enfrentar o JEC, colocará novamente os jogadores considerados titulares do Figueirense.

A única dúvida parece ser no ataque entre Yuri e Willian Popp, jogador formado no Tricolor e que foi apresentado nos últimos dias no Alvinegro após temporadas fora do país.

Provável time: Denis; Kauê, Alemão, Pereira e M. Destro; Zé Antônio, Betinho e Patrick; Yuri (Popp), M. Lucas e Alípio.

Lados opostos

Enquanto o JEC ocupa a oitava colocação e ainda tenta a primeira vitória no Estadual, o Figueirense está invicto, com quatro vitórias e uma derrota. Apesar do aparente favoritismo do time da Capital, o retrospecto de jogos em Joinville é muito favorável aos donos da casa. Desde 2008 o Tricolor não perde para o Figueira no Norte de SC. São 19 jogos de invencibilidade no duelo que, neste sábado, chegará à marca de 200 partidas.

Texto: Yan Pedro
Foto: Júlio César Ferreira/JEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *