Krelling visita São José em último dia como vereador

Fernando Krelling (PMDB) terminou seu curto mandato na Câmara de Vereadores de Joinville (CVJ) como começou: com uma visita noturna ao Hospital Municipal São José. De malas prontas para Florianópolis, onde inicia o trabalho como deputado estadual, o parlamentar que sabe da importância dos gestos na política esteve na unidade para fiscalizar um problema na climatização que havia sido denunciado nas redes sociais.

Krelling esteve no HMSJ por volta da meia-noite, acompanhado pelo secretário de Saúde e diretor presidente do hospital, Jean Rodrigues da Silva, a quem tinha convidado. O representante da pasta explicou que as altas temperaturas dos últimos dias fizeram com que os aparelhos não suportassem a demanda. Para solucionar o problema foram instalados novos aparelhos de 55 mil btus, 18 mil btus, cortinas de ar e bloqueadores para segurar a climatização. Segundo Silva, as instalações continuam ao longo desta quinta-feira (31).

Para o vereador Fernando Krelling, mesmo com o calor fora de controle, é preciso tentar amenizá-lo de todas as formas. “Muitas pessoas entraram em contato conosco sobre este problema, com uma sensação térmica como a de hoje de quase 50° é muito difícil conseguir deixar uma sensação totalmente cômoda para todos, mas a gente tem que entender que é uma questão humana”, comentou.

Fernando Krelling chegou à CVJ em 2017, batendo o recorde de votos do legislativo joinvilense na eleição de 2016. Foram 10.523 votos que lhe credenciaram a presidir a Casa nos dois anos. Isso tudo aconteceu depois de atuar como secretário municipal de esportes (setor que leva como bandeira e no qual se destacou como atleta de base) na primeira gestão de Udo Döhler. Apesar de jovem, defendeu algumas posições conservadoras ao longo dos dois anos de atuação legislativa, algumas vezes se segurando para não externá-las. Apoiou, assim que pode, Jair Bolsonaro (PSL) na eleição de 2018.

Recebeu pressão partidária para disputar uma vaga na Alesc, ciente de que receberia críticas por abandonar o mandato para o qual havia sido eleito dois anos antes. Mas também recebeu apoios, que, somados a uma campanha intensa, renderam 44.356 votos. Foi 11º deputado estadual mais votado em Santa Catarina para esta legislatura.

Os deputados estaduais tomam posse nesta sexta-feira (1), quando também ocorre a eleição para a mesa-diretora da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc).

Texto: Felipe Silveira
Foto e informações: Assessoria de Fernando Krelling

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *