Joinville joga mal e é massacrado pelo Flamengo no Centreventos

O Joinville fez uma de suas piores partidas nesta edição do NBB. O time catarinense foi completamente dominado pelo Flamengo em pleno Centreventos Cau Hansen e acabou derrotado por 89 a 50. Foi a nona derrota seguida na competição. O resultado manteve a equipe na lanterna do campeonato.

O primeiro quarto foi equilibrado.  O time rubro-negro chegou a abrir uma pequena vantagem no começo da partida, mas os donos da casa correram atrás e se mantiveram no jogo. Mathias, Socas e Cook foram os maiores pontuadores pelo lado joinvilense, enquanto Olivinha fez 10 pontos para o Fla nos minutos iniciais. O quarto acabou com o Flamengo vencendo por 19 a 18.

Foi no segundo quarto que o jogo começou a desandar para o Joinville. O Flamengo impôs um ritmo forte no ataque e começou a se distanciar no marcador. Balbi e Marquinhos somaram 14 pontos, enquanto o time todo do Joinville fez apenas 11. As bolas de três foram a salvação dos mandantes, que fizeram nove pontos do perímetro. Com a pouca produção ofensiva do time da casa, o Flamengo encerrou o primeiro tempo vencendo por 38 a 29.

Se o segundo quarto foi ruim, o terceiro seria pior. Sem confiança nas jogadas de ataque, o time teve muita dificuldade para pontuar. O Rubro-Negro aproveitou o momento de desconcentração do Joinville e não perdoou. Fez 22 pontos no quarto, com destaque para Nesbitt e Jhonatan, maiores pontuadores da equipe. Se o Fla fez 22, o Joinville fez apenas 9 o quarto acabou com os visitantes vencendo por 60 a 38.

Com o jogo decidido, o baile flamenguista seguiu. Nesbitt, Jhonatan e Crescenzi somaram 17 pontos e ampliaram ainda mais o placar para o Fla. No Joinville o abatimento era visível e nenhum dos atletas fez mais que dois pontos no período.

O técnico Daniel Lazier falou sobre a derrota após a partida. “Nesse jogo tinhamos que compensar a questão física com velocidade, agressividade e intensidade e  isso infelizmente não aconteceu. Aconteceu em alguns momentos, mas a nossa reposição tem sido atrapalhada devido aos problemas físicos”, explicou.

O pivô Thiago Mathias também deu sua opinião sobre a derrota. “É complicado falar. Fizemos um bom primeiro tempo, onde ficamos nove pontos atrás. Mas o plantel do Flamengo tem muitos jogadores bons e eles colocaram um ritmo muito forte e não conseguimos acompanhar. Ai eles construíram uma vantagem e ficou difícil buscar”, afirmou o atleta.

Mathias foi o cestinha do Joinville com 11 pontos e Jefferson Socas foi o maior reboteiro, com nove bolas recuperadas. Já o Flamengo teve seis atletas com dois dígitos de pontuação. Balbi foi o cestinha com 12 e Nesbitt chegou ao double-double, com 11 pontos e 10 rebotes.

O próximo jogo do Joinville será no dia 13 de fevereiro, contra o Pinheiros, em São Paulo. Já o Flamengo recebe o Paulistano no dia 1º de fevereiro.

Texto: Vitor Forcellini
Foto: AABJ

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *