Rios de Joinville são repovoados com alevinos de lambaris

A Unidade de Desenvolvimento Rural de Joinville (UDR) da Prefeitura de Joinville tem trabalhado no repovoamento de alevinos (filhotes) de lambaris em importantes rios que cortam a área rural do município. Serão quatro mil nesta semana.

A atividade teve início nesta segunda-feira (21), às 8h30, quando foram soltos mil peixes no rio Alandaf, ao lado da Escola Agrícola Carlos Heins Funck, em Pirabeiraba. No mesmo horário, na terça-feira (22) serão dois mil no rio Cubatão e na quarta-feira outros mil, no rio do Júlio.

A soltura dos alevinos de lambaris faz parte do projeto Ictiofauna, que significa o conjunto das espécies de peixes que existem em determinada região biogeográfica. A primeira etapa ocorreu em dezembro, quando foram soltos mil peixes no rio Piraí. Os alevinos foram produzidos na UDR a partir de matrizes de lambaris dos rios do Júlio, Piraí, Cubatão e Alandaf, que agora retornam a seus ambientes originais.

O repovoamento com lambaris tem como objetivo promover o equilíbrio ecossistêmico de rios que cortam a área rural de Joinville (espécie nativa da região) e, consequentemente, controlar a proliferação dos mosquitos Simulídeos – popularmente conhecidos como borrachudos – que afetam as comunidades locais. Os lambaris são predadores naturais dos mosquitos.

Desenvolvido por técnicos da Unidade de Desenvolvimento Rural (UDR), da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA), o projeto visa também ao equilíbrio ambiental e cria uma nova fonte econômica para produtores rurais.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Phellippe José/Prefeitura
Informações: Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *