Permanência de Rafael Grampola segue indefinida

A situação de Grampola no JEC segue indefinida. Nos últimos dias, o técnico Zé Teodoro conversou com o atleta e viu interesse do jogador em continuar no Tricolor. A questão agora é se alguma das propostas que estão na mesa (tem de times da Coreia do Sul e do México) por Grampola envolvam compensação financeira, o que ainda não aconteceu.

Leia também
Dois meias e um zagueiro são anunciados pelo Joinville
Com Rafael Grampola, JEC se reapresenta no CT do Morro do Meio

“É difícil (bancar o salário), mas o atleta é do clube. Se não houver nenhuma situação favorável ao Joinville, o jogador fica aqui, mesmo com o alto salário”, garantiu o diretor financeiro Alexandre Poleza.

Com as recentes contratações, o Tricolor ainda tem cerca de R$ 65 mil a gastar da folha salarial que tem limite de R$ 250 mil por mês. Se Grampola ficar, essa “gordura” já cairia pela metade.

Ao site Globo Esporte, Grampola comentou a situação. “Estão surgindo outras coisas e a diretoria está avaliando a possibilidade de me emprestar. Espero e acredito que até o dia 15 tudo esteja resolvido. Essa diretoria está com um bom planejamento. Independente de ficar ou não, sei que as coisas vão ser melhores para o clube nesta temporada”, disse o jogador.

A expectativa no Joinville, segundo as palavras do técnico Zé Teodoro, é de que haja uma definição até o final desta semana.

Texto: Yan Pedro/Rádio Clube Joinville
Foto: JEC/Arquivo

Um comentário em “Permanência de Rafael Grampola segue indefinida

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *