Breno e Kadu não permanecem no Joinville em 2019

O atacante Breno e o volante Kadu não vão ficar no Joinville na próxima temporada. A decisão partiu do técnico Zé Teodoro, que revelou, na tarde desta sexta-feira (14), as saídas dos jogadores à reportagem do Replay Joinville/Rádio Clube.

“Vai ficar quem estiver motivado e comprometido e quer enfrentar toda a adversidade”, respondeu Zé sobre Breno e, depois, também mencionando Kadu. “Tomei algumas decisões porque a gente precisava dar uma oxigenada no grupo”, prosseguiu.

O presidente Vilfred Schapitz confirmou as saídas dos dois. “Tem times de série B atrás dos dois”, comentou. “Breno falou que não pretendeu continuar. O Kadu disse que tinha interesse de ir para o outro clube. E nós concordamos”, disse.

Vilfred também descartou a possibilidade de que os jogadores possam acionar o clube na Justiça, como foram os casos de Allan Dias, Rodolfo e Marlyson.

Agnello Gonçalves, executivo de futebol, disse que ainda não existe uma definição para quais clubes os dois jogadores vão. Breno tem contrato até o final de 2021 e Kadu até dezembro de 2020.

Atualização

Segundo o jornalista Gabriel Fronzi (89 FM), Breno acionou o clube na Justiça, pedindo a rescisão por direito de imagem, FGTS e 13º atrasados. Em entrevista à reportagem na sexta, o presidente do JEC, Vilfred Schapitz, disse que não acreditava na possibilidade de ingresso na Justiça por parte de Breno e afirmou que apenas um mês de imagem ficou para ser quitado.

Texto: Yan Pedro via Replay Joinville/Rádio Clube
Foto: Kaue Vezentainer/JEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *