Servidores municipais da saúde questionam falta de profissionais

Nessa segunda-feira (10), servidores municipais dos Pronto Atendimentos (PAs) de Joinville e do Hospital Municipal São José participarão de assembleia para discutir reivindicações sobre a falta de profissionais nas unidades. Serão duas atividades, às 15 horas e às 19h30, no auditório do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Joinville e Região (Sinsej).

O Sinsej alega que há muito tempo que a prefeitura não repõe servidores nos Pronto Atendimentos (PAs). “Muitos trabalhadores se aposentam, entram em férias, pegam licenças, atestados ou até mesmo falecem e o governo não repõe essas faltas. Há insuficiência de pessoal em todas as equipes, turnos e unidades”, diz a o texto divulgado pelo sindicato.

De acordo com o sindicato, a prefeitura vinha suprindo essas faltas abrindo escalas de horas extras, pagando para os servidores do próprio local ou de outras unidades. Porém, teria anunciado a suspensão do pagamento de hora extra. “Não terá mais funcionários para suprir essa demanda e as equipes que restam não dão conta do trabalho nos locais”, reclama o Sinsej.

Edição: Alexandre Perger
Foto: Prefeitura de Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *