Na estreia de Starks, Joinville é superado pelo São José fora de casa

Joinville e São José fizeram uma partida muito equilibrada no Ginásio Linneu de Moura, no interior paulista, no sábado (8). Decidida nos segundos finais, o duelo terminou com vitória do São José por 102 a 100. A partida marcou a estreia de Starks no Joinville e o retorno de Dedé ao time de São José dos Campos.

Os dois times começaram muito bem nas bolas de três pontos. Starks apresentou seu cartão de visitas com uma linda bola do perímetro. Weihermann veio muito bem do banco e Cook também teve boa atuação. O São José contava com a eficiência de Pedro para abrir vantagem, mas ainda no primeiro quarto o Joinville conseguiu encostar no placar e passar a frente. Em um período de alta produtividade dos ataques, o placar ficou em 29 a 27 para os visitantes.

No segundo quarto o jogo seguia equilibrado, com Starks e Bambu somando 11 pontos. O Joinville liderou por boa parte do período, mas o São José conseguiu passar a frente nos minutos finais. Quando parecia que o time da casa terminara na frente, Weihermann fez uma cesta de três pontos no estouro do cronometro para empatar o jogo em 47 a 47.

O Joinville voltou melhor para o terceiro quarto. O time catarinense passou a liderar o placar e abriu cinco pontos de vantagem. No momento em que o time dominava a partida, Mathias acabou cometendo uma falta antidesportiva, que ocasionou um ataque de quatro pontos para o São José. Reduzir rapidamente a vantagem do Joinville animou os donos da casa, que logo retomaram a ponta no marcador e terminaram vencendo por 67 a 64.

Se no período anterior foi o Joinville que voltou melhor, no quarto final foi a vez do São José viver seu melhor momento no jogo. Logo no início do quarto, a equipe do Vale do Paraíba abriu nove pontos de vantagem, com grande atuação do argentino Sahdi. O Joinville passou o resto do quarto tentando diminuir a vantagem dos mandantes e apostou nas bolas de três pontos. A tática deu certo, principalmente porque André Bambu estava com a mão calibrada e acertou as três tentativas que fez do perímetro. No fim do jogo a diferença caiu para dois pontos, mas o São José conseguiu ser eficiente da linha do lance livre e garantiu a apertada vitória. Foi a primeira vez que as duas equipes atingiram a contagem centenária neste NBB.

Números da partida

Pedro, do São José, foi o cestinha do jogo com 23 pontos, seguido de perto por Cook e André Bambu, ambos com 22. Starks teve uma boa estreia com 11 pontos, sendo nove deles em arremessos do perímetro.

A derrota ainda deixa o Joinville na oitava colocação, mas agora a disputa por uma vaga na Copa Super 8 está ainda mais embolada, com Vasco, Corinthians, Bauru, Basquete Cearense e o próprio São José na cola dos catarinenses. O Joinville volta a jogar nesta segunda-feira (10) diante do Paulistano, em São Paulo. Já o São José recebe o Brasília na quinta-feira (13), na sua última partida no primeiro turno.

Texto: Vitor Forcellini
Foto: LNB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *