Servidores públicos iniciam greve nesta segunda-feira

Começou nesta segunda-feira (3) a greve dos servidores públicos de Joinville pelo direito ao pagamento do vale-alimentação durante os períodos de qualquer licença legal, como saúde ou maternidade. A intenção do poder público é cortar o benefício em 2019. A decisão pela greve foi tomada em assembleia dos trabalhadores (foto) na última quinta-feira (29).

Haverá uma reunião entre a direção do sindicato e a Prefeitura às 14 horas desta segunda. O Sinsej convocou os trabalhadores a se concentrarem na frente do prédio do Executivo. Após a reunião com o governo, será realizada uma assembleia para avaliar o resultado da negociação e definir a continuidade, ou não, da greve.

No balanço prévio realizado pela Prefeitura durante a manhã foi registrada a ausência total de 960 servidores (7,62% do quadro). A Secretaria de Educação contabilizou a falta de 701 servidores e a Secretaria da Saúde registrou 241 ausências.

Veja o momento que os servidores aprovaram a deflagração da greve na quinta-feira:

SERVIDORES DE JOINVILLE ACABAM DE DEFLAGRAR GREVE GERAL A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA CONTRA O CORTE DO VALE-ALIMENTAÇÃO

Posted by Sinsej on Thursday, 29 November 2018


Texto: Felipe Silveira

Foto: Francine Hellmann/Sinsej
Informações: Sinsej | Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *