Gelson Merisio (PSD) vence primeiro turno com pequena vantagem

Gelson Merisio (PSD) conseguiu superar o “fator surpresa” e se consolidou como o candidato entre os favoritos a chegar ao segundo turno catarinense. Parecia, mas não foi uma tarefa fácil conseguir tal feito. Mauro Mariani (MSD) e Décio Lima (PT) estavam à sombra. Com 31,12% dos votos, Merisio vai enfrentar o Comandante Moisés (PSL) no segundo turno.

Comandante Moisés (PSL) surpreende e chega ao segundo turno
Joinville renova a bancada na Câmara dos Deputados

Joinville mantém três deputados na Alesc, mas dois são novos
Espiridião Amin (PP) e Jorginho Mello (PR) vão para o Senado

Deputado estadual com base eleitoral na região Oeste, Merisio costurou sua candidatura há muito tempo, mas teve que bater o pé para consolidá-la na reta final. Forças estaduais, inclusive dentro do próprio partido, tentaram costurar uma aliança que o deixaria de fora da disputa pelo cargo principal. Mas a insistência deu resultado.

O acordo entre os maiores partidos, porém, quase não saiu, sendo costurado na última hora. O deputado federal Espiridião Amin (PP) ameaçava ser candidato, chegando a ser aprovado para a tarefa na convenção da sigla. Da mesma forma, o DEM aprovou que o deputado federal João Paulo Kleinübing (DEM) fosse candidato a vice, mas na chapa liderada por Amin. De olho na forte aliança dos concorrentes, tudo foi acertado nos últimos momentos, com Amin indicado à disputa ao Senado e Kleinübing como vice de Merisio.

Merisio liderou a maior coligação (em número de partidos) de Santa Catarina. A coligação “Aqui é trabalho” reuniu PSD, PRB, PDT, PSB, Solidariedade, PROS, PSC, PC do B, PHS, PP, DEM, PRP, PPL, PV e Podemos, mas este último se recusou a continuar na chapa assim que o candidatou declarou voto em Jair Bolsonaro.

O candidato do PSD nasceu em 1966, em Xaxim, mas se mudou ainda jovem se mudou para Xanxerê. Estudou Administração de Empresas na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) e foi apresentador de rádio e TV. Dos microfones para a política foi um pulo, sendo eleito vereador em 1988. Também foi diretor da Casan e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, secretário de Agricultura e chefe da Casa Civil. Foi eleito quatro vezes deputado estadual (na primeira assumiu como suplente, em 2005) e presidiu a Alesc por três mandatos.

Texto: Felipe Silveira
Foto: Redes sociais do candidato

4 comentários em “Gelson Merisio (PSD) vence primeiro turno com pequena vantagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *