Comandante Moisés (PSL) surpreende e chega ao segundo turno

A primeira parcial da apuração eleitoral trouxe a primeira grande surpresa aos catarinenses. Assim que as urnas começaram a ser abertas, o pouco conhecido Comandante Moisés, candidato ao governo pelo Partido Social Liberal (PSL), saiu na frente com aproximadamente 30% dos votos, superando os favoritos em todas as pesquisas: Gelson Merisio (PSD), Mauro Mariani (MDB) e Décio Lima (PT).

Gelson Merisio (PSD) vence primeiro turno com pequena vantagem
Joinville renova a bancada na Câmara dos Deputados
Joinville mantém três deputados na Alesc, mas dois são novos
Espiridião Amin (PP) e Jorginho Mello (PR) vão para o Senado

À medida que a apuração avançou, porém, o militar foi ultrapassado por Gelson Merisio (PSD), candidato mais conhecido no estado e que também reivindicou parcela dos eleitores de Bolsonaro, ao declarar voto no presidenciável do PSL. Os dois vão se enfrentar no segundo turno. As urnas ainda não foram fechadas, mas, com 98,70% do processo concluído, Moisés ficou com 29,80% dos votos catarinenses.

Bombeiro militar da Reserva, Carlos Moisés da Silva surfou na onda Bolsonaro, presidenciável com maior parte das intenções de voto em SC. A boa apresentação no debate da NSC TV, que ocorreu na terça-feira (1), também alçou o candidato à preferência do eleitor.

Ele nasceu em Florianópolis, em 1967. Comandou o Corpo de Bombeiros Militares de Tubarão por mais de 20 anos e também é formado em Direito. Não participou de outras eleições. Sua vice, Daniela Reinehr (PSL), é advogada. Nasceu em Maravilha, em 1977, e também não participou de outros pleitos. O PSL catarinense não coligou nesta eleição.

Texto: Felipe Silveira
Foto: PSL-SC

5 comentários em “Comandante Moisés (PSL) surpreende e chega ao segundo turno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *