Corrida Junta e Vai celebra a inclusão social e a prática de esportes em Joinville

Incentivar a prática de atividades físicas e ainda promover a cidadania. Com este objetivo a Arteris, concessionária de rodovias, realizou na manhã de domingo (23), a Corrida Junta e Vai, evento que reuniu famílias inteiras para correr e contribuir para a campanha Lacre Amigo, que visa a arrecadação de lacres de alumínio de latinhas de refrigerante, energéticos e cervejas para trocar por cadeiras de rodas, que são doadas para instituições sociais. Cerca de 800 atletas pintaram as Avenidas Hermann Lepper e Beira-rio de verde.

No evento desse domingo, inclusive, duas cadeiras de rodas, frutos da arrecadação de lacres, foram doadas à Apae e ao Instituto Priscila Zanette. “Muito importante que eventos e empresas como a Arteris tenham uma visão diferente das causas sociais. Por causa deles, a Apae está cada vez mais presente na sociedade”, ressalta Luiz Sidney Stiegel, diretor da Apae, que aproveita a oportunidade para convidar os joinvilenses para fazer uma visita à instituição.

Rosa Joesting, representante do Instituto Priscila Zanette, agradeceu a doação da cadeira de rodas. “Nossa entidade abraça cidadãos desvinculados da família e este (a cadeira) é um recurso que nós não temos. Essa corrida pode significar para nós uma semente de humanização”, considera.

Para André Bianchi, diretor superintendente da Arteris Litoral Sul, a Corrida Junta e Vai pretende deixar um legado de incentivo à reciclagem, de respeito ao meio ambiente, de educação, de inclusão e de responsabilidade social. “Essa foi a nossa primeira corrida e esperamos estar aqui por muitos e muitos anos”, diz ele, feliz por ter trazido 50 funcionários da concessionária para a corrida.

Inclusão com o Pernas Solidárias

Foi na Corrida Junta e Vai que André Bianchi teve a oportunidade de conduzir um dos 18 cadeirantes do projeto Pernas Solidárias. “É emocionante poder proporcionar o prazer da corrida para outras pessoas. Quando vemos as pessoas felizes, a felicidade volta em dobro para nós”, ressalta o diretor superintendente da Arteris.

Nascido em Joinville, Pernas Solidárias proporciona a inclusão social de cadeirantes nas corridas de rua. “É muito bom ver o reconhecimento conquistado pelo nosso projeto. Estamos crescendo, estendendo o Pernas Solidárias para mais cidades e isso nos enche de orgulho”, esclarece Cleiton Luiz Tamazzia, idealizador.

Edição: Felipe Silveira
Foto: Fabiano Piaseck/Divulgação
Informações: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *